Tabaqueira e Câmara de Sintra distribuem 200 refeições diárias

As refeições serão confecionadas na cantina da empresa e incluem sopa, prato e sobremesa, sendo depois entregues pela Santa Casa da Misericórdia de Sintra, Centro Social de Reformados e Idosos de Albarraque, ‘Ser Alternativa’ e ‘Re-Food’ de Rio de Mouro.

A Tabaqueira estabeleceu uma parceria com a Câmara Municipal de Sintra para distribuir 200 refeições diárias à população mais vulnerável do concelho nesta fase de pandemia da Covid-19. A empresa, sedeada neste município, “num protocolo de cooperação com a autarquia de Sintra, lança uma iniciativa de apoio social com o objetivo de confecionar e distribuir, diariamente, 200 refeições”.

De acordo com um comunicado, “as refeições serão confecionadas na cantina da empresa Tabaqueira e incluem sopa, prato e sobremesa”, sendo depois entregues pelas seguintes entidades: Santa Casa da Misericórdia de Sintra; Centro Social de Reformados e Idosos de Albarraque; Ser Alternativa e ‘Re-Food’ de Rio de Mouro.

“A Tabaqueira, partilhando as preocupações da Câmara de Sintra, tem vindo a contribuir em diversas áreas para a mitigação do surto de Covid-19 em Sintra. A empresa contribuiu com a aquisição de acrílicos para doação junto dos seus parceiros de negócio, a doação de material de proteção individual a profissionais de saúde do Hospital Amadora/Sintra e, ainda, apoio à produção de viseiras de proteção pelo Fab Lab de Sintra para distribuição junto a IPSS [Instituições Particulares de Solidariedade Social] e equipamentos de saúde”, conclui o referido comunicado.

Recomendadas

PremiumContrato que prevê bónus milionário da CEO da TAP não é válido

JE revela contrato de Christine Ourmières-Widener: prevê exercício de funções até 2026 e bónus de até três milhões de euros. Mas não chegou a ser ratificado em AG da TAP.

PremiumLeia aqui o Jornal Económico desta semana

Esta sexta-feira está nas bancas de todo o país a edição semanal do Jornal Económico. Leia tudo na plataforma JE Leitor. Aproveite as nossas ofertas para assinar o JE e apoie o jornalismo independente.

Contrato da CEO da TAP: “Não é só falta de retificação, é falta de aprovação”

O advogado Rogério Alves reagiu à notícia avançada pelo Jornal Económico. O contrato de Christine Ourmières-Widener com a TAP não só não foi retificado em AG como não foi aprovado. “Isto politicamente tem um custo”, diz.
Comentários