“Talvez me matem.” Antigo capitão da seleção russa mostra-se contra a invasão da Ucrânia

Igor Denisov é um dos mais prestigiados entre os atletas e ex-atletas que ainda vivem na Rússia e se mostraram contra a invasão levada a cabo pelas forças russas.

Igor Denisov, antigo capitão da seleção russa de futebol, veio a público criticar a invasão lançada por Moscovo à Ucrânia. Numa entrevista de quase duas horas, concedida ao jornalista Nobel Arustamyan e publicada no Youtube, não tem dúvidas quando diz que o conflito é uma “catástrofe” e um “completo horror”.

Nascido em São Petersburgo, na antiga URSS, o antigo atleta jogava como médio defensivo. Fez toda a carreira em clubes russos e representou a seleção daquele país em 54 partidas, entre 2008 e 2016, chegando a capitanear a equipa em várias ocasiões (duas delas frente a Portugal). Agora, veio a público para se manifestar contra a invasão dirigida pelo Kremlin à Ucrânia, sem esquecer as consequências que estas declarações podem ter na sua vida.

“Talvez me ponham na cadeia ou me matem por estas palavras, mas estou a dizer a verdade”, sublinhou Igor Denisov, que terminou a carreira de futebolista há três anos e que continua a viver na Rússia. O ex-atleta opõe-se totalmente à guerra e, por esse motivo, já escreveu ao presidente russo, Vladimir Putin, para expressar a sua vontade de que a invasão, iniciada a 24 de fevereiro, termine o quanto antes.

“Sou um homem orgulhoso. Isto foi ao fim de três ou quatro dias”, sublinhou. “Até lhe disse que estou preparado para me pôr de joelhos”, de forma a que Putin travasse o conflito.

Moscovo continua a descrever a invasão ao território ucraniano como uma “operação militar especial”. O ministro dos Negócios estrangeiros russo, na passada quinta-feira, deu uma entrevista à “BBC”, na qual insistiu nessa ideia e rejeitou a ideia de que se trata de uma invasão russa à Ucrânia.

 

Recomendadas

Portugal goleia França por 8-2 e lidera Liga Europeia de futebol de praia

A seleção portuguesa de futebol de praia goleou hoje a congénere francesa, por 8-2, na segunda jornada do grupo A da Liga Europeia da especialidade.

Wimbledon: Nadal bate Sonego e apura-se para os oitavos de final

O tenista espanhol Rafael Nadal, número quatro mundial e recordista de ‘Grand Slams’, apurou-se hoje para os oitavos de final de Wimbledon, o terceiro ‘major’ da temporada, ao eliminar o italiano Lorenzo Sonego em três ‘sets’.

Félix da Costa foi segundo em Marraquexe na Fórmula E

O piloto português António Félix da Costa (DS Techeetah) foi hoje segundo classificado na 10.ª prova do Mundial de Fórmula E, para carros elétricos, disputada em Marraquexe, Marrocos.
Comentários