TAP confirma escolha da Tata como parceira do novo centro para aviação em Portugal

A empresa liderada por Christine Ourmières-Widener diz que “na sequência desta parceria, a TCS vai estabelecer em Portugal um Centro de Excelência Tecnológico para a indústria da Aviação, dotado de consultores com profundo conhecimento do sector e especialistas em tecnologia”.

A TAP, na sequência de um concurso internacional, escolheu como parceiro estratégico para acelerar a transformação digital e a inovação tecnológica da companhia, a Tata Consultancy Services (TCS). A notícia já tinha sido avançada pelo Jornal de Negócios desta sexta-feira e a companhia aérea confirmou em comunicado que, “graças a esta parceria, a Tata Consultancy Services (TCS) vai investir em Portugal e abrir um novo Centro de Excelência no Pais para a indústria da Aviação”.

A companhia aérea portuguesa assinou um contrato por três anos com a gigante indiana. A Tata Consultancy Services (TCS) é uma organização de serviços de TI, consultoria e soluções empresariais.

Christine Ourmières-Widener, CEO da TAP, diz em comunicado que “a TAP está a sofrer uma transformação ambiciosa para emergir mais forte após o impacto que a Covid teve na indústria aérea e precisamos de parceiros fiáveis nesta viagem” e por isso “selecionámos a TCS após um rigoroso processo de avaliação, com base na sua profunda experiência na indústria aérea, no historial comprovado de realização de transformações digitais e na liderança tecnológica”.

A CEO diz estar confiante de que “juntos conduziremos iniciativas digitais que enriqueçam a experiência do cliente, melhorem o desempenho operacional e posicionem a TAP como a companhia aérea de eleição para os nossos clientes”.

“A empresa selecionou a TCS como seu parceiro pela sua experiência comprovada na entrega de programas de transformação digital bem sucedidos na indústria aérea”, revela a companhia de aviação portuguesa.

A empresa liderada por Christine Ourmières-Widener diz que “na sequência desta parceria, a TCS vai estabelecer em Portugal um Centro de Excelência Tecnológico para a indústria da Aviação, dotado de consultores com profundo conhecimento do sector e especialistas em tecnologia”.

“O centro irá aproveitar a reserva de talentos local, bem como as equipas globais da TCS, para construir novos sistemas que utilizam de forma inovadora as tecnologias digitais para reinventar a experiência do cliente e ajudar a TAP a estabelecer uma diferenciação competitiva”, avança a companhia.

No futuro, este centro será utilizado “como unidade nearshore para servir outros clientes globais da TCS, criando mais empregos tecnológicos em Portugal”, explica a empresa em comunicado.

A TAP explica na nota que “embarcou numa nova estratégia empresarial, centrada em tornar-se uma companhia aérea sustentável e em reforçar a sua posição de liderança no sector”.

A TCS irá também colaborar com a TAP na adoção de um novo modelo operacional para gerir o seu portefólio de aplicações, “com o objetivo de conduzir a uma maior agilidade e aumentar a resiliência operacional”, para além de que, segundo a companhia, “contribuirá ainda para racionalizar e modernizar a arquitetura dos sistemas, enriquecer a experiência do cliente e melhorar o desempenho operacional”.

Krishnan Ramanujam, Presidente, Enterprise Growth Business na TCS, na mesma nota, comenta a parceria com a TAP para acelerar a sua transformação digital e impulsionar o crescimento empresarial futuro. “A TCS está totalmente empenhada em fazer desta parceria um sucesso a longo prazo e contribuir para a realização dos objetivos empresariais e tecnológicos da TAP”, disse. “Os investimentos que estamos a fazer na criação do Centro de Excelência Tecnológico em Portugal reforçam ainda mais a posição da TCS como parceiro de transformação para clientes em Portugal e expandem a presença da TCS na região”, concluiu.

 

Recomendadas

Mais de 80% dos unicórnios está na cloud, destaca Adam Selipsky

Para o CEO da Amazon Web Services, a nuvem permite às empresas moverem-se em quatro cenários diferentes: vasto, incomensurável, extremo e de possibilidades futuras.

Venezuela prepara acordos com petrolífera Chevron após alívio de sanções

A Venezuela anunciou hoje que vai assinar, nas próximas horas, acordos com a petrolífera norte-americana Chevron para impulsionar o desenvolvimento local de empresas mistas (capital público e privado) e a produção de petróleo.

“Via Verde rejeita categoricamente qualquer acusação de burla” que circule no Portal da Queixa

“Sempre que um cliente passa numa portagem e a transação falha, a Via Verde comunica diretamente com o cliente a dar conta de um eventual problema”, justifica. “Este alerta visa sempre proteger os clientes. Se o problema for confirmado, o cliente pode subscrever um plano Via Verde ou, se assim preferir, comprar um identificador novo”, esclarece fonte oficial da empresa ao JE.
Comentários