Vai viajar para os Açores e a Madeira? TAP e SATA são as companhias mais caras a partir de Portugal Continental

O JE realizou uma comparação entre voos a partir de Lisboa e do Porto com destino às regiões autónomas dos Açores e da Madeira, para Ponta Delgada, Terceira, Funchal e Porto Santo, através de várias companhias aéreas.

A mala já está feita, às costas e os aviões à espera para descolar. Depois de uma breve análise de Rio Rui dos preços da TAP, em que estes se mostraram significativamente superiores ao de companhias aéreas low-cost e principais concorrentes, e de António Costa se ter deslocado aos Açores pela Ryanair, o Jornal Económico voltou a fazer uma comparação entre a tabela de preços para a companhia aérea nacional e companhias que voem para os mesmos destinos portugueses.

Para que a comparação fosse justa, o JE procurou voos nas mesmas datas (ida a 28 de janeiro de 2022 e regresso a 30 de janeiro de 2022), um único passageiro, bagagem de mão e voos diretos, sendo que alguns voos apenas dispõem de voos com escala.

O JE realizou uma comparação entre voos a partir de Lisboa e do Porto com destino às regiões autónomas dos Açores e da Madeira, nomeadamente às ilhas de Ponta Delgada, Terceira, Funchal e Porto Santo. Vamos começar:

Próximo destino: Funchal

A partir de Lisboa, um voo pela TAP tem um custo de 130,2 euros, enquanto um da easyJet custa 77,48 euros. Sendo que a Ryanair não tem voos disponíveis nas mesmas datas, o JE não considerou a companhia aérea irlandesa.

A Sata, que também voa para o Funchal, é a companhia com o preço mais elevado: 125,60 euros só de ida, no mesmo voo operado pela TAP. Mas este voo dispõe de uma bagagem de porão com 23 quilos, enquanto a TAP cobra 80,60 euros nas mesmas condições. O voo total pela Sata fica a 208,08 euros, sendo então o mais caro quando o destino é o Funchal.

No aeroporto do Porto, um voo pela TAP para o mesmo destino tem um custo de 151,31 euros usando a tarifa discount. Os voos na easyJet, apenas com mala de cabine, custam 221,48 euros, com a companhia low-cost a ter um preço mais elevado do que a companhia de bandeira portuguesa.

Neste caso, a Sata volta a ser a companhia aérea mais dispendiosa para quem se pretenda deslocar até ao Funchal. A companhia açoriana, novamente num voo operado pela TAP, fixou os preços dos bilhetes em 266,31 euros (ida e volta). No mesmo voo da TAP, e nas mesmas condições, os bilhetes ficam mais baratos por 193,31 euros.

Próximo destino: Porto Santo

A ilha de Porto Santo é um destino em que as condições nem sempre se mostram idênticas. Com escalas ou sem paragens pelo meio, o JE tentou analisar as condições que se apresentaram mais semelhantes.

Entre Lisboa e Porto Santo, um voo da TAP realiza escala no Funchal. Só este voo fica por 192,20 euros ao passageiro que dispõe de bagagem de mão, de porão e de reserva de lugar. Entre Porto Santo e Lisboa o voo já é direito e tem um custo de 173,08 euros. Neste caso, a despesa total fica em 365,28 euros.

A easyJet voa apenas para o Funchal, com a Binter Canarias a fazer a ligação até Porto Santo. Com uma mala pequena, os (quatro) voos ficam em 152,60 euros, menos de metade do que o valor apresentado pela concorrente.

Entre o Porto e Porto Santo, a TAP aplica a mesma estratégia: voo com escala até Porto Santo e direto entre a ilha e o continente. Os voos da companhia aérea de bandeira fica em 298,51 euros.

No caso da easyJet, a companhia inglesa apenas tem voos para o Funchal, tendo o voo de regresso a ser realizado pela TAP e as ligações entre as ilhas da região autónoma pela Binter Canarias. Neste caso específico, o voo fica ligeiramente mais barato que os da TAP, custando 215,10 euros para o passageiro.

Próximo destino: Ponta Delgada

Mantemos as companhias aéreas e alteramos o destino em direção aos Açores com partida de Lisboa. Pela TAP, um voo direto para Ponta Delgada custa 58,37 euros, um gasto razoável pela companhia aérea nacional. Na Ryanair o valor pago é ainda mais pequeno: 39,68 euros, enquanto na Sata o custo sobe consideravelmente para 102,37 euros.

Com partida do Porto em direção ao mesmo destino, o voo da Ryanair e da TAP tem uma diferença de 0,79 euros. O voo da TAP em direção à capital açoriana custa 58,37 euros, enquanto o voo da Ryanair tem um preço de 57,58 euros. Com um destino de partida diferente, a Sata volta a ser a companhia aérea com o preço mais elevado: 98,60 euros.

Próximo destino: Terceira

De Lisboa à Terceira são algumas horas de distância. A Ryanair conta com o preço mais baixo, fixado em 31,38 euros, enquanto a TAP cobra 55,46 euros e o voo da Sata custa 97,46 euros, uma diferença ainda significativa para o bolso dos portugueses.

Entre o Porto e a Terceira, apenas a Ryanair apresenta uma solução direta. A TAP realiza escalas em Lisboa e define o preço dos quatro voos em 114,39 euros, os preços na Sata voltam a ser os mais elevados, com escala em Ponta Delgada, a 164,46 euros. Os voos pela Ryanair custam apenas 38,13 euros, menos 76,26 euros que na TAP e menos 126,33 do que na Sata.

Recomendadas

SAD do Sp. Braga com resultado positivo de 3,1 milhões de euros na época passada

Relativamente ao exercício financeiro que terminou a 30 de junho deste ano, que ainda não refletem a venda do passe futebolístico do defesa central David Carmo (transferência fechada para o FC Porto na ordem dos 20 milhões de euros), a SAD dos bracarenses destaca que este foi um período “pautado por múltiplos constrangimentos associados à pandemia”.

Sonaecom rasga acordo com Isabel dos Santos

“À Sonae passa a ser imputada uma participação na NOS de cerca de 36,8% do capital social e dos direitos de voto nessa sociedade”, detalha a empresa liderada por Cláudia Azevedo.

Toyota Caetano Portugal com lucros de 7,3 milhões no semestre

Em comunicado à CMVM, a Toyota Caetano Portugal diz que os resultados líquidos consolidados ascenderam a 7,3 milhões de euros, o que compara com 11,7 milhões em dezembro de 2021 e com 2,98 milhões em junho de 2021.
Comentários