TAP é uma empresa estratégica para a economia? “Não, não é”, responde Rui Rio no Twitter

A publicação relatava que no site do aeroporto Sá Carneiro estavam previstas 50 saídas e questionava: “Quantas são da TAP? Duas, ambas para Lisboa. Será isto uma empresa estratégica para a economia?”. O presidente do PSD respondeu: “Não, não é. É uma empresa meramente regional”.

JOSE COELHO/LUSA

O presidente do PSD, Rui Rio, defendeu esta terça-feira no Twitter, e em resposta a uma publicação sobre o plano de voos da TAP, reafirmou que a companhia aérea não é uma empresa estratégica para a economia e que o seu raio de ação é “meramente regional”.

A publicação relatava que no site do aeroporto Sá Carneiro estavam previstas 50 saídas e questionava: “Quantas são da TAP? Duas, ambas para Lisboa. Será isto uma empresa estratégica para a economia?”.

Rui Rio respondeu: “Não, não é. É uma empresa meramente regional”.

O presidente do PSD, Rui Rio, reafirmou esta segunda-feira a posição relativamente à ajuda do Estado à TAP, defendendo quer uma plano de reestruturação que permita a viabilidade da empresa no futuro, quer uma posição do Estado “de responsabilidade” enquanto acionista.

“Não vale a pena meter um euro na TAP se não houver um plano de negócios consistente para o futuro, se não significa que estamos a meter dinheiro agora e daqui por um ano estão a pedir mais e a TAP continua a ser um sorvedouro de dinheiros públicos brutais como tem sido ao longo dos anos”, afirmou o líder social-democrata, em declarações aos jornalistas em Valongo, transmitidas pela RTP3.

Relacionadas

Rui Rio: “Não vale a pena meter um euro na TAP se não houver um plano de negócios consistente”

Líder social-democrata voltou a defender que são necessário critérios para a ajuda de emergência do Estado à TAP. “Se o Estado português mete  dinheiro, obviamente que é o Estado português que tem que tomar a principal responsabilidade”, afirmou.

Marcelo espera que “se encontre a melhor solução possível” para a TAP

Questionado sobre se deixar falir a TAP não é uma hipótese, o Presidente da República foi categórico em afirmar que “certamente não é uma hipótese que permita a Portugal ter uma empresa que salvaguarde o interesse português”. 

Iniciativa Liberal responde a Pedro Nuno Santos: “Somos fanáticos contra a nacionalização”

João Cotrim Figueiredo recusa a nacionalização da TAP e garante que a Iniciativa Liberal “continuará a liderar a oposição para impedir que os adoradores do Estado abram mais um buraco sem fundo para todos pagarmos”.

Pedro Nuno Santos sobre a TAP: “Se o privado não aceitar as condições do Estado, teremos de nacionalizar”

Afastado o cenário de deixar cair a TAP em processo de falência só restam duas saídas: ou os acionistas privados cedem às exigências do Estado ou a companhia aérea vai ser nacionalizada, conforme o ministro das Infraestruturas deixou claro na audição de hoje no Parlamento.
Recomendadas

Bancos sujeitos a coimas até 1,5 milhões se não aplicarem diploma do Governo para crédito à habitação

Está já em vigor, a partir deste sábado, o diploma que estabelece medidas destinadas a mitigar os efeitos do incremento dos indexantes de referência de contratos de crédito para aquisição ou construção de habitação própria permanente. Bancos têm 45 dias a partir de hoje para aplicar as medidas.

Ministra da Justiça diz que é preciso melhorar condições dos processos de recuperação de empresas

“A melhoria das condições de processos de recuperação [de empresas], sobretudo em períodos de insolvência e de dúvida, como o que atravessamos, é um desafio, mas um desafio que temos de concretizar”, afirmou Catarina Sarmento e Castro.

Restaurantes da AHRESP vão assegurar alimentação dos peregrinos da Jornada Mundial da Juventude

A AHRESP vai apoiar a Fundação na “definição das regras de funcionamento da rede de restaurantes e similares que irão assegurar o fornecimento de refeições para os participantes da Jornada Mundial da Juventude e contactar restaurantes e similares para promover a sua adesão à rede, bem como promover o uso do Guia de Boas Práticas da Restauração e Bebidas junto da rede”, lê-se no comunicado.  
Comentários