TAP vai retomar voos para a Guiné-Bissau

A companhia aérea nacional vai passar a voar duas vezes por semana para a capital da Guiné-Bissau.

Rafael Marchante/Reuters

A partir do dia 1 de dezembro, a TAP retoma os voos regulares para a Guiné-Bissau, anunciou hoje a companhia aérea nacional.

“A inclusão de Bissau na rede de destinos da TAP vem reforçar o posicionamento da companhia portuguesa no continente africano, onde dispõe de forte presença, e consolida a orientação da transportadora, que considera África um dos seus mercados estratégicos”, destaca um comunicado da empresa liderada por Fernando Pinto.

De acordo com a informação oficial da TAP, os voos para a capital da Guiné-Bissau vão realizar-se às quintas-feiras e sábados, no sentido Lisboa/Bissau, com partida às 21h50 e chegada às 2h00.

No regresso, os voos partem de Bissau todas as sextas-feiras e domingos, pelas 2h50, chegando a Lisboa às 6h00.

“Com a abertura de voos para Bissau, a TAP passa a servir um total de 14 destinos em África, e de acordo com os indicadores de tráfego recentes, são evidentes os sinais positivos resultantes da sua aposta contínua neste continente”, conclui o referido comunicado oficial da companhia aérea nacional.

Recomendadas

Sindicatos desconvocam greve no Metro de Lisboa marcada para quarta-feira

No entanto, a Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações entregou um novo pré-aviso de paralisação para 25 de outubro.

UNITA quer esclarecimentos do Governo sobre greve dos pilotos da TAAG

O sindicato dos pilotos da companhia aérea de bandeira de Angola convocou uma greve entre os dias 7 (amanhã) e 16 de outubro.

TAP recua na mudança da frota automóvel e mantém os anteriores Peugeot mais um ano

“A comissão executiva da TAP compreende o sentimento geral dos portugueses”, explicou esta quinta-feira a companhia aérea. A decisão surge depois de vir a público que a empresa iria mudar os carros da administração e de outros gestores para a marca BMW.
Comentários