Teams e Outlook em baixo. Milhões de utilizadores potencialmente afetados por falha de rede na Microsoft

Apenas a plataforma para governos e os serviços na China escaparam ao apagão geral que afetou todos os continentes.

1 – Microsoft

Milhares de utilizadores estão a reportar, esta quarta-feira, problemas no acesso às suas contas de Teams e Outlook, depois de a Microsoft ter sido atingida por uma falha de rede que derrubou a sua plataforma de nuvem Azure e as duas plataformas, segundo a “Reuters”, uma falha que afetará potencialmente milhões de utilizadores a nível global.

De acordo a página do Azure, os serviços foram afetados nas Américas, Europa, Ásia Pacífico, Médio Oriente e África, tendo apenas os serviços na China e a sua plataforma para governos escapado à falha de rede.

Uma interrupção da plataforma de computação em nuvem da Microsoft Azure pode ter impacto numa variedade de serviços e criar um efeito dominó, uma vez que quase todas as maiores empresas do mundo utilizam a plataforma.

“Determinámos que o problema de conexão de rede está a ocorrer com dispositivos através da Microsoft Wide Area Network (WAN)”, justificou esta manhã a Microsoft.

Em Portugal, os problemas começaram a surgir pelas 7 horas, com um grande número de utilizadores nacionais a reportarem problemas a partir dessa hora. O pico foi atingido pelas 8h30 da manhã, com 32 utilizadores a reportarem falhas no Microsoft 365, Teams, Outlook, Azure e One Drive.

Recomendadas

TAP: PS esclarece que viabilizará proposta de inquérito do BE com abstenção

O Grupo Parlamentar do PS esclareceu que viabilizará a proposta de inquérito parlamentar do Bloco sobre a TAP através da abstenção, corrigindo a posição assumida pelo deputado Carlos Pereira.

EDP já instalou mais de 700 mil painéis solares nas casas de famílias na Ibéria

A EDP explica que “estas famílias conseguem uma poupança média de até 30% ou mesmo 70% quando agregado a uma bateria de armazenamento. A produção de energia gerada nestas instalações seria suficiente para abastecer com energia renovável 500 mil pessoas por mês, o equivalente a fornecer apenas com energia solar toda a população de Lisboa”.
litio

Lítio: Comissão de Avaliação dá parecer favorável à mina em Montalegre

A Lusorecursos Portugal Lithium confirmou um parecer favorável por parte da Comissão de Avaliação da Mina do Romano, que dá luz verde à exploração mista de lítio (céu aberto e subterrânea) em Montalegre.
Comentários