Tem um iPhone antigo? Pode ganhar uma pequena “fortuna”

Há quem colecione bules de chá, pacotes de açúcar ou selos . E depois há quem colecione iPhones. Se faz parte deste último grupo, não deite fora os equipamentos. Saiba porquê.

REUTERS/Stephen Lam

Se é apaixonado pela Apple e compra sempre o último modelo de iPhone assim que é lançado, não deite fora os equipamentos anteriores: estes telemóveis “antigos” podem valer uma pequena “fortuna”.

De acordo com a Unilad, os telemóveis da Apple conseguem reter uma parte significativa do seu valor. Se tem um iPhone 6, que foi lançado em 2014, este ainda pode valer-lhe 180 libras (211 euros), por exemplo. No caso do iPhone SE, lançado no início de 2016, pode valer cerca de metade do valor com que chegou ao mercado, ou seja, 210 libras (246 euros).

Em comparação com os dispositivos Android, os valores de revenda do iPhone são bastante elevados. Tenha em consideração que o montante varia com o espaço em que decide vender o telemóvel.

Recomendadas

Declaração anual de rendas passa a ser entregue apenas por via eletrónica

A declaração anual de rendas, apresentada pelos senhorios que não passam recibos eletrónicos, vai deixar de poder ser entregue em papel, passando a ser entregue apenas por via eletrónica, segundo um despacho agora publicado.

Contrair dívidas para pagar outras dívidas é boa ideia? Saiba aqui

O primeiro passo para organizar a sua vida financeira é constituir um Fundo de Emergência. Se ainda não tem comece já a constituir o seu, equivalente a, pelo menos, entre três a seis meses de ordenado, aplicando-o num produto mobilizável a curto prazo.

“O fundo de emergência deve ser sempre o primeiro patamar de poupança e devemos começar a constituí-lo o quanto antes”, diz Bárbara Barroso

“O fundo de emergência deve ser sempre o primeiro patamar de poupança e devemos começar a constituí-lo o quanto antes. Depois disso, podemos pensar em passar para outro patamar e começar, por exemplo, a investir as poupanças”, considerou a CEO da MoneyLab na Conferência “Poupar e Investir para um Futuro Melhor”.
Comentários