Tempestade corta energia no norte de Moçambique e avaria afeta capital

No norte, a eletricidade foi cortada a cerca de 31.000 pessoas devido à queda de postes provocada por uma tempestade na região costeira da província de Nampula (distritos de Nacala-a-Velha e Memba).

Uma tempestade cortou a energia no norte de Moçambique e uma avaria está a afetar a capital, anunciou hoje a empresa pública de energia.

No norte, a eletricidade foi cortada a cerca de 31.000 pessoas devido à queda de postes provocada por uma tempestade na região costeira da província de Nampula (distritos de Nacala-a-Velha e Memba).

Na capital, o fornecimento de energia à baixa de Maputo está condicionado numa das áreas onde se concentram muitos dos escritórios de empresas de serviços, banca e finanças.

Em causa, estão anomalias nos cabos que abastecem vários postos de transformação do coração da cidade, indicou a Eletricidade de Moçambique (EDM) em comunicado.

Os problemas juntam-se a outros que desde terça-feira afetam cerca de 15.000 clientes em Quelimane, capital provincial da Zambézia, centro do país.

Recomendadas

Primeiro-ministro da Etiópia reuniu-se com líderes do Tigray pela primeira vez após acordo de paz

Segundo a Ethiopian Broadcasting Corporation (EBC), naquele que foi o primeiro encontro desde a assinatura do acordo, as duas partes avaliaram “as medidas tomadas até à data sobre a implementação dos acordos de paz de Pretória e Nairobi” e discutiram questões que “necessitam de mais atenção”.

PremiumFusão da Cabo Verde Telecom adiada

O Jornal Económico sabe que o mês de fevereiro chegou a estar previsto para a concretização da fusão das três operadoras de telecomunicações de Cabo Verde, mas a data ficou sem efeito. Não haverá despedimentos.

Presidente da Guiné-Bissau confiante na criação da moeda de países do oeste africano até 2027

O presidente da Guiné-Bissau, Umaro Sissoco Embaló, afirmou hoje estar confiante na criação da moeda única da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental, denominada Eco, em 2027 e admitiu ser normal as reservas de alguns países.
Comentários