Tesla chama à oficina 475.318 carros nos EUA com avaria

A Tesla quer recolher 475.318 dos seus veículos nos Estados Unidos devido ao mau funcionamento da câmara traseira, que pode aumentar o risco de colisão, e à abertura involuntária do capô, foi anunciado.

Segundo dados do regulador National Highway Traffic Safety Administration (NHTSA), em causa estão 356.309 veículos Tesla do modelo três, produzidos entre 2017 e 2020, com problemas na câmara traseira, que poderá ter sido danificada pelo fecho a abertura da bagageira.

De acordo com o NHTSA, o mau funcionamento da câmara “pode aumentar o risco de colisão”.

A empresa de Elon Musk já recebeu 2.301 reclamações ligadas a este problema.

Neste sentido, a empresa vai inspecionar todos os veículos e corrigir a avaria.

Os proprietários que já levaram o seu carro à oficina para resolver o problema em causa podem solicitar o reembolso da despesa.

Por sua vez, 119.009 veículos do Modelo S, produzidos entre 2014 e 2021, foram chamados à oficina por causa da avaria verificada no capô, que já motivou quatro reclamações.

Relacionadas

Musk vai pagar onze mil milhões de dólares em impostos devido à venda de ações em 2021

O valor das ações que adquiriu com o exercício das opções, menos o preço nominal de compra de 6,24 dólares por ação, será tributado 23,5 mil milhões de dólares de renda regular, uma soma substancial, mas ainda modesta para a pessoa mais rica do mundo, cujo património líquido está estimado em 280 mil milhões de dólares (247,5 mil milhões de euros).
Recomendadas

Nextbitt quer ganhar terreno no exterior enquanto investe no desenvolvimento tecnológico aliado à sustentabilidade

Numa conversa com jornalistas durante a manhã desta quarta-feira, Miguel Salgueiro, partner da NextBITT, deu a conhecer a estratégia delineada pelo grupo para a evolução da sua oferta e da sua plataforma visando os desafios ambientais com os quais o sector se depara.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quarta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quarta-feira.

Inflação leva 53% das empresas a restringir a capacidade de expansão, diz Intrum

O estudo da Intrum revela que “41% das empresas portuguesas usam a venda com pré-pagamento como proteção contra os atrasos de pagamento perante a inflação e 53% já está a restringir expansão dos negócios”.
Comentários