Tesla entrega primeiros carros produzidos na China

Mais de 15 trabalhadores da Tesla receberam os carros que compraram, pouco menos de um ano depois de a equipa de Elon Musk começar a trabalhar na fábrica de Xangai.

A Tesla cumpriu a promessa de começar a entregar os primeiros Model 3 construídos na sua fábrica de Xangai antes do Ano Novo Lunar. Os modelos de veículos elétricos produzidos em território chinês – pouco menos de um ano depois de a equipa de Elon Musk começar a trabalhar nesta unidade fabril – custam, pelo menos, 50 mil dólares (cerca de 45 mil euros).

A partir de janeiro, as entregas deverão acelerar, segundo a Tesla. De acordo com a agência noticiosa “Reuters”, 15 trabalhadores da Tesla receberam os carros que compraram, sendo que um desses funcionários aproveitou a cerimónia para pedir a namorada em casamento.

A fabricante automóvel norte-americana investiu dois mil milhões de dólares (aproximadamente 1,8 mil milhões de euros) nesta fábrica em Xangai, o que representou um recorde para as empresas chinesas deste mercado. O espaço está a funcionar há 357 dias e faz parte dos planos da Tesla de reforçar a presença na China e minimizar potenciais impacto da guerra comercial entre as duas maiores potências mundiais.

A multinacional com sede em São Carlos, na Califórnia, assinou recentemente um acordo com bancos na China para um empréstimo até nove mil milhões de yuans (cerca de 1,2 mil milhões de euros). China Construction Bank, Banco Agrícola da China, Banco Industrial, Comercial da China e Shanghai Pudong Development Bank estarão entre as instituições financeiras que concordaram conceder apoio financeiro.

Recomendadas

BNA levanta suspensão da participação no mercado cambial imposta ao Finibanco Angola

O Finibanco Angola tinha sido suspenso de participar no mercado cambial, por um período de 45 dias, pelo Banco Nacional de Angola (BNA), depois de o supervisor bancário angolano detectar incumprimentos durante uma inspecção pontual, em meados de agosto.

“Café com o CEO”. Assista à conversa com o Dr. Luís Teles, em direto a partir de Luanda

“Café com o CEO” é uma iniciativa promovida pela empresa angolana E.J.M, fundada por Edivaldo Machado em 2012, que procura dar a conhecer os líderes que estão a dar cartas em Angola e outros países da Lusofonia. Assista à sessão em direto de Luanda, capital angolana.

Rogério Carapuça: “Há que estar entre os primeiros, não ser o primeiro dos últimos”

O presidente da APDC considera que o desenvolvimento do sector das TIC se dá a um ritmo saudável apesar dos obstáculos concretos que ainda impedem o país de estar entre os melhores classificados. A capacitação e qualificação das pessoas e das empresas são desafios no topo da agenda, mas a simplificação é palavra de ordem para abandonar o paradigma da burocracia que assombra os serviços públicos, alerta Rogério Carapuça.
Comentários