The Capital Group Companies reduz participação no BES

A empresa The Capital Group Companies reduziu a participação no Banco Espírito Santo (BES) para uma percentagem inferior a 2%, segundo informação enviada à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). De acordo com o comunicado do regulador do mercado, “o BES informa que recebeu uma comunicação da The Capital Group Companies relativa à alienação […]

A empresa The Capital Group Companies reduziu a participação no Banco Espírito Santo (BES) para uma percentagem inferior a 2%, segundo informação enviada à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

De acordo com o comunicado do regulador do mercado, “o BES informa que recebeu uma comunicação da The Capital Group Companies relativa à alienação de direitos de voto da qual resultou uma redução da percentagem dos votos para um limiar abaixo dos 2%”.

Na sequência da transação, o número total de direitos de voto passa a corresponder a 1.112.836, correspondentes aos direitos de voto associados a 111.283.674 ações e a uma percentagem total de direitos de voto de 1,98%, refere.

A alienação resulta de uma transação que ocorreu no dia 4 de novembro de 2014, segundo o mesmo comunicado.

Os direitos de votos são detidos através da empresa Capital Research and Management Company, da qual a The Capital Group Companies é a sociedade mãe.

De acordo com a informação constante do comunicado, nenhuma destas empresas detém ações do BES por conta própria, sendo detidas em contas sob a gestão discricionária da Capital Research and Management Company.

OJE/Lusa

Recomendadas

FMI estima que a espiral de salários-preços ainda é um “risco limitado”

A ausência de uma espiral preços-salários não deve levar os líderes a não agirem para combater a inflação persistente, considera ainda o Fundo Monetário Internacional.

Compra de carros de luxo pela TAP “é um problema de bom senso”, diz Marcelo Rebelo de Sousa

“Já falei em relação a várias entidades públicas no passado e em relação à distribuição de dividendos e em relação aos salários e entendo que quando se está num período de dificuldade deve fazer-se um esforço para dar o exemplo de contenção”, defendeu hoje Marcelo Rebelo de Sousa.

Albergaria investe 3,7 milhões de euros na zona industrial para captar investimento e criar emprego

O município “tem realizado um forte investimento no desenvolvimento económico, dinamizando o sector empresarial e a economia local” nos últimos anos, segundo António Loureiro, Presidente da Câmara Municipal de Albergaria-a-Velha.