‘The Oitavos’ investe 600 mil euros em novas infraestruturas e sustentabilidade

A unidade hoteleira de cinco estrelas localizada em Cascais instalou mais 614 painéis fotovoltaicos, contando agora com um total de 1.500, que são responsáveis pela produção de 30% da energia anual consumida pelo hotel.

A unidade hoteleira ‘The Oitavos’ investiu 600 mil euros no reforço de novas infraestruturas através do carregamento de veículos elétricos, com capacidade atual para 30 veículos, além da instalação de mais 614 painéis fotovoltaicos, contando agora com um total de 1.500, que são responsáveis pela produção de 30% da energia anual consumida pelo hotel.

Localizado no parque natural Sintra-Cascais, o ‘The Oitavos’ já tinha no último ano investido na mobilidade elétrica, sendo o único hotel do país a poder disponibilizar até 374 kw (600A) em simultâneo, com recurso à energia da rede elétrica nacional, podendo ainda receber 28 carregadores até 22Kw e dois carregadores até 150Kw (super-rápidos).

Além da aposta destas novas infraestruturas, a unidade hoteleira tem também uma estratégia de sustentabilidade aplicada em diversas áreas como, os sistemas de pré-aquecimento das águas quentes sanitárias (AQS) e de aquecimento da água das piscinas (ambas de água salgada extraída do Atlântico) através do aproveitamento do calor produzido pelo ar condicionado, e também a utilização, sempre que possível, de objectos feitos de materiais reutilizáveis e recicláveis.

Miguel Champalimaud, Director Geral do ‘The Oitavos’, refere que “desde 1921, aquando da compra da Quinta da Marinha, a minha família pretendeu desenvolver um projeto sustentável nas suas diferentes vertentes. Pretendemos dar continuidade a esse legado e sempre que possível reforçar o compromisso com a salvaguarda do meio ambiente”.

Recomendadas

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quarta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quarta-feira.

Compra da Activision pela Microsoft levanta dúvidas ao regulador britânico

O regulador britânico publicou esta quarta-feira a sua decisão provisória sobre a compra da Activision pela Microsoft, avança a “CNBC”, afirmando que a aquisição pode resultar em preços mais elevados, menos opções e menos inovação.
Comentários