Tomás Correia vence corrida à Associação Mutualista Montepio Geral com 43,2%

A lista A venceu com 43,2%; seguiu-se a lista C de António Godinho com 36,3% e em terceiro lugar ficou a lista B de Fernando Ribeiro Mendes com 20,5%.

Cristina Bernardo

António Tomás Correia que concorre para um quarto mandato, venceu as eleições desta sexta-feira para um novo triénio à frente da Associação Mutualista Montepio Geral.

A lista A venceu com 43,25%; seguiu-se a lista C de António Godinho com 36,04% e em terceiro lugar ficou a lista B de Fernando Ribeiro Mendes com 20,49%, soube o Jornal Económico.

Está neste momento a decorrer a Assembleia Geral da Associação, depois do apuramento tardio dos votos.

Tomás Correia teve 18.073 votos; António Godinho 15.059 votos e Ribeiro Mendes 8.563 votos, segundo revelou fonte ligada ao processo ao Jornal Económico.

Só houve 41.857 votos, segundo dados oficiais, o que compara com perto de 52 mil associados nas eleições de 2015.

As percentagens apuradas são sobre votos válidos já expurgados de votos brancos e nulos.

Este ano a abstenção aumentou tendo havido menos votantes. Isso refletiu-se também no número de votos do vencedor que em 2015 era da ordem dos 31 mil votos.

Dos actuais 615 mil associados, o universo de votantes do Montepio é apenas de 480 mil. Um vez que ficam de fora os associados menores de idade, os com menos de dois anos de antiguidade e os que não têm as quotas em dia.

Em comunicado, Tomás Correia fala da vitória: “quando iniciei esta caminhada, tive oportunidade de escrever no Diário de Notícias um artigo de opinião que refletia sobre a Responsabilidade de Servir e de Gerir o Montepio. Sabia bem o que estaria para vir nas semanas que se seguiram. Pessoas que recorrem a expedientes que colocam em causa o bom nome do Montepio não estão à altura de honrar a sua História e os seus Fundadores. E os Associados são sábios”, disse o líder da lista A que venceu hoje as eleições.

“Chegados a esta noite, os Associados fizeram a sua escolha, redobrando agora a responsabilidade dos que acabam de ser eleitos, que vão tomar posse e que irão gerir esta nossa grande Instituição nos próximos 3 anos.
Pela frente, espera-nos um mandato muito exigente, que apela à responsabilidade por que sempre nos pautámos, e que a candidatura institucional sempre levou muito a sério. Porque o que nós fazemos pelo Montepio diz muito de nós. Aliás, diz tudo!” lê-se no comunicado.

Hoje à tarde, Tomás Correia dizia que pretende cumprir o novo mandato “até ao fim”, quando questionado pelos jornalistas sobre a possibilidade de ser confrontado com uma avaliação à posteriori da idoneidade.

A Associação Mutualista Montepio Geral tem uma base de 600 mil associados que gera uma receita de quotas de 7,2 milhões. Gere ativos de 4 mil milhões de euros. O maior ativo que a Associação detém é o banco Caixa Económica Montepio Geral, com ativos de 20 mil milhões e um milhão de clientes. O banco está avaliado nas contas da Associação em 1.878 milhões, líquido de imparidades.

Ribeiro Mendes lamentou hoje que não tenha havido debate entre candidatos e que mais uma vez o processo eleitoral esteja confinado ao voto por correspondência, o que limita a participação dos associados.

(atualiza com os votos oficiais)

Relacionadas

Tomás Correia diz que abstenção prevista de 88% se deve à “campanha de maledicência”

António Tomás Correia, que concorre para um quarto mandato à frente da instituição, disse que pretende cumprir o novo mandato (caso ganhe estas eleições) “até ao fim”.

PremiumAntónio Godinho: “A nossa lista para a Mutualista é a única que não tem arguidos”

Candidato que lidera a lista C nas eleições da Associação Mutualista Montepio Geral, que terminam esta sexta-feira, fala das prioridades e defende renovação. “Tomás Correia faz já parte do passado”, diz, em entrevista ao Jornal Económico,

Eleições da Associação Mutualista Montepio: o que defendem os três candidatos

Numa altura em que se disputa o lugar de presidente da Associação Mutualista Montepio para um novo mandato, o JE questionou os candidatos sobre os temas core. Eleições são esta sexta-feira.

Roberto Carneiro apoia Ribeiro Mendes na corrida à Mutualista

Amanhã decorre o apuramento das eleições para a Associação Mutualista. Reforçam-se apoios e críticas a Tomás Correia, candidato da Lista A.
Recomendadas

El Corte Inglés contrata mais de 500 colaboradores para o Natal

“Para além deste período de Natal, há ainda possibilidade de permanecerem em contratos futuros, tal como tem acontecido em anos anteriores”, garante a empresa.

Bosch Industry Consulting abre escritório em Espanha

As operações da Bosch Industry Consulting em Espanha irão beneficiar da existência do centro de competências da Bosch em Aveiro.

EDP Brasil emite papel comercial no valor de 292 milhões de euros para amortizar dívida ao BNDES

O objetivo da emissão é realizar o pagamento antecipado da dívida com o Banco Nacional de Desenvolvimento Económico e Social – BNDES, no montante aproximado de 470 milhões de reais e distribuir o restante ao acionista, diz a empresa.
Comentários