Topo da Agenda: o que não pode perder nos mercados e na economia esta semana

Nova leitura da inflação na maior economia do mundo depois dos sinais mistos da Fed na semana passada e o Boletim Económico do BCE dominam as atenções em termos internacionais, com a COP27 e as intercalares nos EUA a marcarem a atualidade política. Por cá, continua a discussão do OE2023.

Segunda-feira, 7 de novembro

Evento em destaque: Arranca a COP27 em Sharm el-Sheikh, Egito

O desastre climático parece cada vez mais próximo e inevitável, pelo que os olhos do mundo estarão colocados no evento realizado no Egito, apesar da deceção com a falta de medidas concretas em edições anteriores. A organização egípcia tem vindo a ser alvo de fortes críticas pela supressão dos direitos humanos e liberdade de expressão no país, levando a pedidos de boicote por várias organizações.

Outros eventos em foco:

  • Audição do Ministro das Infraestruturas e da Habitação na Comissão de Economia, Obras Públicas, Planeamento e Habitação na Comissão de Orçamento e Finanças
  • Alemanha: Produção industrial em outubro
  • China: Balança comercial em outubro
  • Reunião mensal do Eurogrupo
  • Resultados trimestrais: Corticeira Amorim (Portugal); Activision Blizzard, BioNTech (EUA)

Terça-feira, 8 de novembro

Evento em destaque: Norte-americanos vão às urnas nas intercalares

A política norte-americana volta a enfrentar um dia decisivo, com os mercados atentos às intercalares, quando deverão ser eleitos vários apoiantes da teoria infundada de Donald Trump quanto a uma fraude eleitoral nas últimas presidenciais. Estes atos eleitorais acabam tradicionalmente por servir de barómetro à presidência e a popularidade em queda de Biden não deverá ajudar as aspirações democratas, mas resta saber se o Partido Republicano consegue retomar ambas as câmaras do Congresso.

Outros eventos em foco:

  • Eurostat: Comércio a Retalho em setembro
  • França: Criação de emprego no terceiro trimestre
  • Resultados trimestrais: Walt Disney (EUA)

Quarta-feira, 9 de novembro

Evento em destaque: China divulga dados macro com reabertura no horizonte

Depois de ter registado a melhor semana nos mercados a nível mundial na semana passada, a China divulga dados da inflação e preços na produção industrial numa altura em que a possibilidade de levantamento da política Covid-zero vai ganhando força, animando mercados no sudeste asiático e alguns segmentos na Europa, como o luxo.

Outros eventos em foco:

  • INE: Estatísticas do Emprego no terceiro trimestre
  • INE: Índices de Volume de Negócios, Emprego, Remunerações e Horas Trabalhadas na Indústria em setembro
  • BdP: Emissões de Títulos de Dívida em setembro
  • OCDE: Indicador Compósito Avançado de outubro
  • Resultados trimestrais: Sonae (Portugal)

Quinta-feira, 10 de novembro

Evento em destaque: Dados da inflação nos EUA em outubro

A Fed deu sinais mistos na última reunião de política monetária, deixando antever um ciclo de aperto monetário mais longo e com um pico mais elevado do que inicialmente esperado, mas admitindo aumentos menores nas próximas reuniões face a dados macro favoráveis. O mais importante será, sem dúvida, a inflação, que conhece nova leitura esta semana.

Outros eventos em foco:

  • INE: Remuneração bruta mensal por trabalhador no terceiro trimestre
  • INE: Índices de Volume de Negócios, Emprego, Remunerações e Horas Trabalhadas nos Serviços em setembro
  • INE: Índice de Custos de Construção Habitação Nova em setembro
  • BCE publica Boletim Económico
  • Brasil: Inflação em outubro
  • Audição do Conselho de Finanças Públicas na Comissão de Orçamento e Finanças
  • Resultados trimestrais: AstraZeneca (EUA e Reino Unido)

Sexta-feira, 11 de novembro

Evento em destaque: Ministra do Trabalho em audição conjunta sobre o OE2023

Com a aprovação garantida pela maioria socialista, os debates na especialidade do Orçamento do Estado para 2023 (OE2023) serão menos animados do que em anos anteriores, mas há espaço para alterações à proposta inicial. A questão das pensões e o seu impacto em atualizações futuras gerou um coro de críticas ao Governo, sendo de esperar novidades durante o processo orçamental. Ana Mendes Godinho poderá oferecer já algumas esta semana, na audição conjunta de Economia e do Trabalho.

Outros eventos em foco:

  • INE: Inflação em outubro
  • INE: Índice de Produção Emprego, Remunerações e Horas Trabalhadas na Construção de setembro
  • INE: Atividade Turística em setembro
  • 09h00 Audição da ministra Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, no âmbito da apreciação, na especialidade, do OE2023 na Comissão de Orçamento e Finanças
  • 15h00 Audição do ministro das Finanças, no âmbito da apreciação, na especialidade, do OE2023 na Comissão de Orçamento e Finanças
  • Reino Unido: PIB no terceiro trimestre
  • Reino Unido: Produção industrial em setembro
  • Reino Unido: Balança comercial em setembro
Recomendadas

Conferência “Poupar e Investir para um Futuro Melhor” a decorrer em Lisboa, com o apoio do Jornal Económico

A conferência é organizada pela Optimize Investment Partners, sociedade gestora portuguesa que disponibiliza uma gama de soluções de investimento para diversos perfis de risco e objetivos. Moderada por Nuno Vinha, subdiretor do Jornal Económico, consiste numa palestra de 30 minutos de cada um dos quatro oradores, um coffee break e uma mesa redonda com espaço para perguntas e respostas e interação com a plateia.

SIBS: mais de um quinto do valor gasto na Black Friday foi em compras online

O comércio online continua a ganhar peso nas compras em Portugal. Dados da SIBS revelam que 22% do valor gasto na última Black Friday foi em compras online, um peso que bate por muito os 18% do ano passado.

União Europeia, G7 e Austrália limitam barril de petróleo russo a 60 dólares

Os 27 estados-membros da UE chegaram a acordo, esta sexta-feira, no estabelecimento de um teto máximo para o preço do petróleo russo nos 60 dólares por barril. Os sete países mais industrializados do mundo (G7) e a Austrália juntam-se na decisão.
Comentários