Topo da Agenda: o que não pode perder nos mercados e na economia esta terça-feira

Nota do dia para a divulgação dos dados do Instituto Nacional de Estatística sobre a avaliação bancária das casas, sendo que no mês de junho foi registado um aumento de 27 euros para 1.407 euros\m2, o valor mais elevado desde janeiro de 2011.

Evento em destaque: Avaliação bancária na habitação em foco

O Instituto Nacional de Estatística (INE) vai divulgar a avaliação bancária na habitação, referente a julho, numa altura em que o mercado imobiliário continua em alta. Em junho, o valor das casas calculado pelos bancos na hora de conceder empréstimos para a aquisição de habitação registou o maior salto de sempre: disparou 27 euros para 1.407 euros por metro quadro, naquele que também é o registo mais elevado desde janeiro de 2011, quando começa a série do INE. A avaliação bancária acompanha, assim, aquele que tem sido o ritmo de valorização das casas nos últimos anos.

Outros eventos em foco:

  • INE: Inquéritos de conjuntura às empresas e aos consumidores para agosto
  • BdP: Indicador preliminar das viagens e turismo da balança de pagamentos para julho
  • Comissão Europeia: Indicador de Sentimento Económico e Indicador de Clima de Negócios
Recomendadas

Patrões vão ter majoração em 50% dos custos com aumentos salariais no IRC

No âmbito do acordo de rendimentos, o Governo decidiu propor aos parceiros sociais uma majoração em 50% dos custos com a valorização salarial em IRC. Patrões têm reclamado, note-se, medidas mais transversais.

Governo propõe reforço do IRS Jovem. Isenção sobe para 50% no primeiro ano

Jovens vão passar a ter um desconto fiscal maior, no início da sua carreira. IRS Jovem passará a prever uma isenção de 50%, em vez de 30%, no primeiro ano.

Governo quer atualizar os escalões do IRS em 5,1% em 2023

O Governo decidiu rever em alta o referencial dos aumentos salariais, puxando-o para o valor do aumento da massa salarial da Função Pública: 5,1%. Será esse o número que será usado para atualizar os escalões do IRS.
Comentários