Transição energética: será que o Sol brilha para a indústria nacional?

Entenda o potencial da energia solar em Portugal e fique a conhecer os desafios e oportunidades que os líderes da transição energética enfrentam para o futuro, já no dia 13 de maio às 15h00.

🔔 Clique em cima para ser notificado quando a transmissão iniciar 

As fontes de energia renovável correspondem a mais de metade da eletricidade produzida em Portugal em 2019 – cerca de 56%. Apesar de a energia solar ainda só representar 3% do consumo de eletricidade no nosso país, a fotovoltaica tem vindo a ganhar cada vez mais expressão e será, ao longo da próxima década, uma energia a par com a hídrica e eólica.

Também o hidrogénio verde desperta o interesse das empresas nacionais, apesar das incertezas neste processo, com uma central projetada para Sines que pode colocar o país na liderança desta tecnologia.

Na próxima JE editors Talks: Líderes da Transição Energética vamos fazer um balanço dos leilões de energia solar que já decorreram e perceber que expetativas têm as empresas desta área para o futuro, nomeadamente a Efacec e a Cleanwatts, que estarão presentes, juntamente com um convidado especial: José Roque, Consulting Energy Lead – PT, da EY. Ao mesmo tempo, importa antever os desafios e as oportunidades que este setor podem representar para a indústria nacional, numa altura em que vai ficando apertado o prazo das metas ambientais.

Não perca esta conversa em direto, na próxima quinta-feira, 13 de maio, às 15h00, na JE TV, no Facebook e no YouTube.

 

 

Este conteúdo patrocinado foi produzido em colaboração com a Efacec e Cleanwatts.

Recomendadas

A Mobilidade elétrica acelera a descarbonização das empresas

Na sua definição mais simples, descarbonizar significa “tirar carbono a”. E no caso da energia, significa que cada vez mais, queremos trocar as energias fósseis, que emitem gases de efeito estufa, por mais energias verdes, renováveis.

Euribor em máximos de uma década

O que pode fazer para cobrir a subida dos juros do seu empréstimo à habitação?

Mobilidade Sustentável: conheça a aposta da Schindler

Com a missão de ser cada vez mais sustentável, a Schindler estabeleceu para o ano de 2030 uma redução de 50% nas emissões de gases com efeito de estufa das suas atividades, com base nos dados de 2020.
Comentários