Três índices de Wall Street renovam máximos históricos

Foi mais um dia de divergência nas bolsas mundiais, com três dos principais índices norte-americanos a subir novamente e os índices europeus a registarem perdas.

Três dos quatro principais índices de Wall Street bateram novamente máximos históricos, em vésperas do feriado de Ação de Graças. Para Steven Santos, gestor do BiG, “o facto de o S&P 500, o Dow Jones e o Russell 2000 terem continuado a subir um dia antes de um feriado é mais um bom indício do sentimento optimista predominante nas bolsas”.

O índice Dow Jones fechou a subir 0,31% para 19.083,18 pontos, o S&P 500 ganhou 0,08% para 2.204,72 pontos e o Russell 2000 valorizou 0,57% para 1.343,51 pontos, a décima quarta sessão consecutiva com ganhos.

A exceção foi o tecnológico Nasdaq que recuou 0,11% para 5.380,68 pontos,  “penalizado por pesos-pesados como o Facebook, que corrigiu dos ganhos recentes. As acções do grupo FANG (Facebook, Amazon, Netflix e Google) não estão a ter o desempenho estelar dos últimos anos, o que ajuda a explicar o desempenho mais fraco do Nasdaq 100 face aos restantes índices norte-americanos”, justificou Steven Santos.

Nas minutas da reunião da Fed de 1 e 2 de Novembro reveladas hoje, o Comité Federal do Mercado Aberto (FOMC) vê sinais de retoma económica nos Estados Unidos suficientes para se manter a via da subida dos juros iniciada em Dezembro do ano passado.

As encomendas de bens duradouros aumentaram em outubro acima do esperado, com um acréscimo do 4.80%, face aos 1.50% estimados e depois de no mês anterior terem diminuído 0.30%.

Relativamente ao mercado laboral, o número de pedidos semanais de subsídio de desemprego atingiu os 251 000, face aos 250 000 esperados.

As vendas de casas novas em Outubro caíram 1.90% para os 563 000, face a uma queda esperada de 0.50%.

O índice de confiança dos consumidores durante o mês de Novembro, medido pela Universidade de Michigan, atingiu os 93.8, comparativamente aos 91.6 em Outubro.

Os principais setores em destaque na sessão de hoje foram o industrial (0,80%) e a energia (0,21%).

O Euro voltou a perder valor face ao dólar pela décima segunda sessão nas últimas treze. Hoje cedeu mais 0,70% para 1,0555 dólares

O Crude WTI recua 0,17%, para 47,95 dólares/Barril.

Amanhã celebra-se o Dia de Acção de Graças, estando o mercado encerrado. Na 6ª feira, a sessão será mais curta, terminando às 18h00 portuguesas.

Recomendadas

Cotação do barril Brent para entrega em novembro baixa para 87,96 dólares

A cotação do barril de petróleo Brent para entrega em novembro terminou esta sexta-feira no mercado de futuros de Londres em baixa de 0,73%, para os 87,96 dólares.

Wall Street encerra sessão com principais índices a perder mais de 1,50%

No momento de fecho o Dow Jones recua 1,71%para 28.725,84 pontos, o S&P 500 cede 1,51% para 3.585,40 pontos e o tecnológico Nasdaq desvaloriza 1,51% para 10.575,62 pontos. 

PremiumAções com pior mês desde junho e pode não ficar por aqui

Libra em forte desvalorização e juros da dívida do Reino Unido disparam após polémico “mini-orçamento” de Liz Truss.
Comentários