Tribunal de Justiça da União Europeia rejeita recurso e mantém suspensão de estação televisiva russa em França

A RT France está temporariamente impedida de emitir, por pertencer ao estado russo e ser favorável à guerra. O Kremlin promete retaliar contra as sanções da UE.

Vitaly Belousov / Sputnik

O Tribunal de Justiça da União Europeia (ECJ) rejeitou um curso contra a proibição da RT France, a filial francesa da estação televisiva estatal russa RT. A proibição faz parte das sanções impostas contra a Rússia como consequência pela invasão da Ucrânia, informa hoje o canal de televisão “France 24”, no seu site.

O ECJ, localizado no Luxemburgo, entende que o facto de a RT France “apoiar ativamente” o conflito militar com a difusão de propaganda leva a que a decisão da UE seja “apropriada e necessária” em busca dos objetivos definidos, naquele que é um “contexto extraordinário”. Os juízes reforçaram que se trata de uma medida temporária.

O canal russo fez saber imediatamente que vai protestar da decisão, enquanto o Kremlin informou que serão anunciadas medidas retaliatórias.

“Vamos tomar medidas similares de pressão nos meios de comunicação ocidentais que operam no nosso país”, disse Dmitry Peskov, porta-voz do Kremlin, em declarações aos jornalistas.

“Não os vamos deixar trabalhar”, acrescenta.

Muitos foram os jornalistas que deixaram a Rússia desde o começo da invasão, assim como os meios de comunicação que interromperam as atividades, depois de introduzida pena de prisão de até 15 anos pelo espalhar de “notícias falsas” sobre a guerra.

Recomendadas

Grupo iraniano condena ataque a Salman Rushdie

Pensadores religiosos próximos da Organização de Solidariedade dos Republicanos do Irão condenaram o ataque ao escritor, o apoio implícito do Estado a esse ataque e o fundamentalismo que acompanha alguns correntes do islamismo.

Salman Rushdie está no “caminho da recuperação”

O escritor britânico Salman Rushdie está no “caminho da recuperação”, dois dias após ter sido apunhalado várias vezes nos Estados Unidos por um jovem norte-americano de origem libanesa.

Nova delegação norte-americana visita Taiwan

Depois da visita de Nancy Pelosi, líder dos Representantes dos Estados Unidos, uma nova delegação de congressistas viajou para Taiwan.
Comentários