Triumph apresenta nova coleção Triaction que se move com o corpo

São peças multifuncionais que podem ser usadas “para além do ginásio”, que se encaixam perfeitamente nos guarda-roupas e estilos de vida casuais e que oferecem o suporte necessário para qualquer tipo de movimento.

O movimento é a essência da vida e ajuda a manter a mente e o corpo saudáveis.

Um dia a dia agitado precisa de activewear  à altura!  A coleção Triaction da Triumph dispõe de peças multifuncionais que podem ser usadas “para além do ginásio” – que se encaixam perfeitamente nos guarda-roupas e estilos de vida casuais e que oferecem o suporte necessário para qualquer tipo de movimento.

O soutien Triaction Cardio Cloud oferece leveza e garante um dos melhores controlos de estabilidade do mercado graças à tecnologia Cloud-tech, uma combinação de tecidos respiráveis e leves, reduzido número de costuras e alças ergonómicas para maior conforto.

O seu design cuidadosamente trabalhado levanta e contorna o peito. Este modelo está disponível até à copa G. Esta coleção está disponível em lojas Triumph e em pontos de venda selecionados.

Recomendadas

“Trair e Coçar é só começar” vai ter dois ensaios solidários

O público português tem a oportunidade de assistir aos últimos ensaios antes da grande estreia e apoiar, assim, duas associações de solidariedade.

PremiumPara saudar o regresso de um majestoso Jaen

Serve este texto para saudar a aposta de um produtor do Dão, a Caminhos Cruzados, integrada há cerca de dois anos no grupo da Quinta da Pacheca (no Douro), na comercialização de um monovarietal de uma das castas mais singulares que se produzem em Portugal: a Jaen (Mencia, em Espanha). Há quem diga que em relação à Jaen, ou se ama ou se detesta.

PremiumFada ou bruxa? Uma duquesa que incomoda muita gente

Sociopata narcisista”. Uma classificação nada abonatória, mas é assim que é descrita Meghan Markle por ex-funcionários do Palácio de Buckingham que trabalharam para os duques de Sussex, segundo o que é revelado no novo livro de Valentine Low, que escreve sobre assuntos reais para o “The Times”.
Comentários