Nem Trump ou Merkel: Putin é o mais poderoso do mundo para a ‘Forbes’

Presidente russo destronou o presidente eleito dos EUA e a chanceler alemã na classificação de 2016.

Vladimir Putin foi eleito, pelo quarto ano consecutivo, a personalidade mais poderosa do mundo pela revista Forbes. O presidente russo de 64 anos ficou à frente do presidente eleito dos EUA, Donald Trump, e da chanceler alemã Angela Merkel na classificação de 2016.

“Do seu país-natal até à Síria, passando pelas eleições norte-americanas, o dirigente russo continua a atingir os seus objetivos”, afirma a Forbes sobre Putin. Já Donald Trump, que ocupa o segundo lugar e vai substituir Barack Obama na Casa Branca no dia 20 de janeiro, “parece ser impermeável aos escândalos, tem as duas câmaras do Congresso a seu favor e uma fortuna pessoal de muito milhares de milhões”, realça a publicação.

A lista da Forbes coloca o presidente chinês Xi Jinping em quarto lugar, seguido pelo papa Francisco.

Recomendadas

Bruxelas quer que plataformas passem a cobrar IVA para evitar concorrência desleal

De acordo com as atuais regras de IVA, são os próprios prestadores de serviço – sejam motoristas ou donos de alojamento local – que são obrigados a coletar o IVA e a remiti-lo para as autoridades tributárias do seu país.

UE dá luz verde a entrada de Croácia no espaço Schengen

Com esta aprovação, pelos ministros dos Assuntos Internos da UE, seguindo a recomendação da Comissão Europeia de 16 de novembro, a Croácia deixará de ter fronteiras internas com os outros países do espaço Schengen.

Trabalhadores do MNE português no Brasil vão ter atualização salarial de 48,9%

Os trabalhadores nos postos consulares e missões diplomáticas no Brasil vão ter as suas remunerações atualizadas em 48,9%, a mesma percentagem da depreciação monetária acumulada do real, segundo legislação publicada em Diário da República.
Comentários