Tsunami da Indonésia já provocou pelo menos 373 mortes

Um porta-voz das equipas de buscas e salvamento refere que devem existir cerca de 128 desaparecidos.

Darren Whiteside / Reuters

O tsunami que atingiu a Indonésia já terá provocado pelo menos 373 mortes, e cerca de 128 desaparecidos, confirmou um porta-voz, na segunda-feira.

As equipas de busca de salvamento utilizaram drones e cães para procurar por sobreviventes, sendo que as expectativas apontam para que se encontre mais corpos com a expansão das buscas, refere a Reuters.

Estão ainda contabilizadas cerca de 1400 pessoas que tiveram ferimento devido ao tsunami que atingiu a Indonésia.

O mesmo porta-voz, citado pela Reuters, diz que agora estão a ser alcançadas mais áreas remotas, locais onde se espera encontrar mais vítimas.

A chuva e a pouca visibilidade têm dificultado os trabalhos de busca.

Relacionadas

Indonésia mantém alerta de tsunami

Balanço da tragédia está agora nos 373 mortos e 128 desaparecidos. Autoridades locais consideram que novos episódios podem vir a ocorrer nas próximas horas.
Recomendadas

Ucrânia: Comissão Europeia quer criminalizar subversão das sanções à Rússia na UE

“A Comissão Europeia apresenta hoje uma proposta para harmonizar as infrações penais e as penas pela violação das medidas restritivas da UE [pois], embora a agressão russa à Ucrânia ainda decorra, é primordial que as medidas restritivas da UE sejam plenamente aplicadas e que a violação dessas medidas não seja compensadora”, salienta a instituição em comunicado de imprensa.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta sexta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta sexta-feira.

Sindicato dos Jornalistas da Guiné-Bissau afirma que novas licenças são “forma civilizada” de acabar com imprensa

O Governo guineense publicou, com data de 18 de outubro, um despacho conjunto dos ministros das Finanças, Ilídio Vieira Té, e da Comunicação Social, Fernando Mendonça, no qual fixa novos valores para aquisição de alvarás para atividades de radiodifusão, televisão, jornais e filmagens no país.
Comentários