Turismo da Madeira quebra 73% em novembro

As dormidas vindas dos mercados de França, Reino Unido e Alemanha caíram 85%, 72% e 71%.

O turismo da Madeira registou uma quebra de 73% nas dormidas, em novembro, para as 143,8 mil, e uma descida de 72% nos hóspedes, para os 25,2 mil, indicam os dados da Direção Regional de Estatística (DREM).

Os dados da DREM referem que as dormidas de residentes em Portugal caíram 46%, em novembro, para as 31,5 mil, e as de não residente sofreram uma quebra de 77%, para as 112,3 mil.

Nos principais mercados fora de Portugal registou-se uma descida de 85% nas dormidas vindas de França, uma quebra de 72% do Reino Unido, e uma decréscimo de 71% nas dormidas vindas da Alemanha.

Os dados da direção regional de estatística dizem ainda que em novembro 60% dos estabelecimentos de alojamento turístico terão estado encerrados ou não registaram movimento de hóspedes.

Recomendadas

Funchal: PAN critica “tiques de absolutismo” de PSD e CDS-PP

O partido diz que o Orçamento Municipal do Funchal, que foi aprovado na Assembleia Municipal, permite concluir que estamos perante uma vereação “sem rasgo, sem ideias, conduzida por um presidente de Câmara, Pedro Calado, cuja capacidade de resolução de problemas já é considerada, por um número crescente e cada vez maior de habitantes do Funchal, como uma desilusão”.

Madeira lança campanha para promover literacia na saúde

Entre os temas abordados estarão: a alimentação saudável, a promoção da atividade física, a prevenção de acidentes em diferentes idades e contextos, a saúde mental ao longo da vida, a prevenção de consumos de substâncias psicoativas, a prevenção de consumos de álcool e tabaco, o sono e o repouso recomendados e o uso adequado da medicação.

Asseco PST e LOQR estabelecem parceria para reforçar ligação à lusofonia

Com esta parceria as empresas pretendem auxiliar as instituições financeiras no seu processo de aceleração digital.
Comentários