Turismo gera subida do custo de vida dos portugueses

Portugal ainda tem preços acessíveis para os turistas, sobretudo na restauração e hotelaria.

Cristina Bernardo

O salário médio dos portugueses está 45% abaixo do rendimento dos europeus. Apesar de Portugal ainda com preços acessíveis para os turistas, a tendência é a de encarecimento, sendo a fatura suportada pelos portugueses, que veem a generalidade dos ordenados estagnados.

Na edição desta terça-feira do “Jornal de Notícias” (JN), o professor da Faculdade de Economia do Porto João Lembra salienta que as remunerações não têm acompanhado o custo de vida. “Para os funcionários públicos, os salários reiais são hoje inferiores aos auferidos em2009. A capacidade aquisitiva é, portanto, inferior”, explica.

“Portugal ainda é um destino barato, sendo os preços de itens sensíveis para o turismo relativamente acessíveis em comparação com outros destinos europeus – hotéis e restaurantes, em particular”, refere também ao JN Tiago Borges, da consultora Mercer.

O jornal recorda ainda que os preços das casas em Portugal cresceram, entre 2013 e 2018, a um ritmo médio acumulado 32% acima do rendimento de uma família média composta por dois adultos e dois filhos a cargo. Já a eletricidade e a gasolina são as quartas e sétimas mais cara da União Europeia, respetivamente.

Recomendadas

BPI distribui presentes de Natal a crianças no país

A edição de 2022 deverá mobilizar milhares de pessoas – entre trabalhadores sociais, voluntários, colaboradores e clientes do banco – para realizar os desejos de crianças apoiadas por instituições sociais que lutam contra a pobreza infantil em todo o país.

Exigir participação de mulheres em conferências é o novo grito pela igualdade

O BNP Paribas Portugal assumiu o compromisso de garantir 40% de mulheres no Comité Executivo do Banco e no G100 até 2025 e de não participar em conferências em cujos painéis não estejam mulheres. Acordo com movimento francês Jamais Sans Elles foi oficializado no dia 10 de novembro.

João Gonzalez é um dos cinco nomeados para os Prémios do Cinema Europeu 2022

Com 34 prémios e mais de 90 seleções oficiais de festivais de todo o mundo, o filme de João Gonzalez, “Ice Merchants”, é agora um dos cinco nomeados para os Prémios do Cinema Europeu, na categoria de Melhor Curta-Metragem. A 10 de dezembro serão conhecidos os vencedores.
Comentários