Turismo português vale 11 mil milhões de euros até outubro

“Promoção focada nos mercados internacionais” é uma das apostas ganhas deste ano reiterada pela secretária de Estado do Turismo para 2017.

As receitas turísticas em Portugal alcançaram os 1,3 mil milhões de euros este mês, um aumento de 16,8%, de acordo com dados do Banco de Portugal divulgados pela secretaria de Estado do Turismo.

Ao longo de dez meses, as receitas provenientes do setor ultrapassaram o resultado registado no período homólogo de 2015 em aproximadamente mil milhões de euros.

No que diz respeito ao período de janeiro a outubro deste ano, as receitas turísticas cresceram 10,3% em relação ao mesmo período do ano passado, chegando a 11 mil milhões de euros.

De acordo com o relatório do Banco de Portugal, verifica-se uma tendência crescente nos gastos dos turistas estrangeiros em Portugal, que gastaram 36 milhões de euros por dia no país nos primeiros dez meses deste ano.

Outubro foi, contrariamente ao que era usual, o quarto melhor de mês de 2016, registando-se, assim, um prolongamento da atividade do setor turístico ao longo do ano.

Ana Mendes Godinho, secretária de Estado do Turismo, justifica os números com a “forte aposta realizada na captação de novas rotas aéreas e operações turísticas ao longo do ano e no aumento da atratividade do destino Portugal”.

“Só este ano Portugal captou 64 novas operações aéreas, aumentando a oferta em 750 mil lugares, em particular fora da época alta. Ao mesmo tempo, apostámos em aumentar a atratividade do destino Portugal, diversificando produtos e dinamizando a oferta turística ao longo de todo o ano, nomeadamente através da captação de eventos”, explicou.

Ana Mendes Godinho traçou as metas para o próximo ano, com a aposta no aumento da qualificação e valorização dos trabalhadores, bem como numa promoção orientada para os mercados internacionais. “Garantir que comunicamos diretamente para cada um dos mercados está a permitir conquistar novos públicos, como são exemplo os EUA e a Polónia, onde crescemos 20% desde o início do ano, ou a Holanda, onde estamos a crescer perto de 13%. Estes números são o resultado do forte empenho e dedicação de todos os que trabalham no turismo”.

Recomendadas

Bruxelas com resposta adequada às “distorções” da lei da inflação nos EUA

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, prometeu este domingo uma resposta “adequada e bem calibrada” para mitigar as “distorções” da lei norte-americana para a redução da inflação.

Conferência “Poupar e Investir para um Futuro Melhor” a decorrer em Lisboa, com o apoio do Jornal Económico

A conferência é organizada pela Optimize Investment Partners, sociedade gestora portuguesa que disponibiliza uma gama de soluções de investimento para diversos perfis de risco e objetivos. Moderada por Nuno Vinha, subdiretor do Jornal Económico, consiste numa palestra de 30 minutos de cada um dos quatro oradores, um coffee break e uma mesa redonda com espaço para perguntas e respostas e interação com a plateia.

SIBS: mais de um quinto do valor gasto na Black Friday foi em compras online

O comércio online continua a ganhar peso nas compras em Portugal. Dados da SIBS revelam que 22% do valor gasto na última Black Friday foi em compras online, um peso que bate por muito os 18% do ano passado.
Comentários