Turquia assina memorando para adesão da Suécia e Finlândia à NATO

A informação foi confirmada pelo presidente finlandês Sauli Niinistö.

A Turquia assinou um memorando para a adesão da Suécia e Finlândia à NATO, retirando assim o veto anunciado no passado mês de maio. A informação foi confirmada pelo presidente finlandês Sauli Niinistö, informa a “Reuters” esta terça-feira, 28 de junho.

“Os nossos ministros dos Negócios Estrangeiros assinaram um memorando trilateral que confirma que esta semana a Turquia vai apoiar os pedidos da Finlândia e da Suécia para serem membros da NATO. Os passos concretos dessa adesão serão acordados pelos aliados da NATO durante os próximos dois dias”, refere o comunicado da presidência finlandesa.

A decisão da Turquia acontece após as negociações que decorreram no primeiro dia da cimeira da aliança em Madrid, numa reunião onde estiveram presentes o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, o presidente da Finlândia, Sauli Niinistö, a primeira-ministra sueca, Magdalena Andersson, e o secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, além dos ministros dos Negócios Estrangeiros dos respetivos países.

Recomendadas

Itália: Velha guarda da Liga Norte pede cabeça de Salvini após revés

A velha guarda da Liga Norte, transformada em Liga com Matteo Salvini como líder, criticou-o duramente após o revés nas legislativas de domingo.

Agência de Energia e Irão retomam contacto em Viena

O diretor da Agência Internacional de Energia Atómica (AIEA), Rafael Grossi, reuniu-se com o chefe do programa nuclear iraniano, Mohammad Eslami, para retomar os contactos e esclarecimentos.

São Tomé: CPLP diz que comissão eleitoral é soberana na divulgação de resultados

O chefe da missão de observação eleitoral da CPLP, o embaixador Rafael Vidal, disse que a lei são-tomense não obriga à divulgação dos resultados provisórios antes da contagem nos distritos.
Comentários