Twitter atualiza app para começar a cobrar 8 dólares/mês por contas certificadas

Antes, as marcas de seleção azuis ao lado do nome do utilizador de uma pessoa significavam que o Twitter confirmava que a conta pertencia à pessoa ou empresa que a reivindicava. Não é ainda claro como ou se o Twitter planeia verificar a identidade além de cobrar uma taxa mensal.

Dado Ruvic/Reuters

O Twitter atualizou no sábado a sua aplicação na App Store da Apple para começar a cobrar 8 dólares por mês contas verificadas, naquela que é a primeira grande mudança — depois dos milhares de despedimentos que começaram na sexta-feira via e-mail e abrangeram metade da equipa do Twitter a nível mundial — do ponto de vista do utilizador desde que Elon Musk comprou a rede social por 44 mil milhões de dólares.

Na atualização para dispositivos Apple iOS, o Twitter disse que aqueles que “se inscreverem agora” por 7,99 por mês podem receber a marca de seleção azul ao lado do nome de utilizador, “assim como as celebridades, empresas e políticos que já segue”, avança a “Reuters”.

Antes de Musk, as marcas de seleção azuis ao lado do nome do utilizador de uma pessoa significavam que o Twitter confirmava que a conta pertencia à pessoa ou empresa que a reivindicava. Não é ainda claro como ou se o Twitter planeia verificar a identidade além de cobrar uma taxa.

Twitter e Musk, via Tesla, não responderam imediatamente a um pedido de comentário da agência noticiosa.

O novo dono do Twitter sinalizou a sua vontade de cobrar o serviço no início desta semana num esforço de monetizar a rede social e torná-la menos dependente de anúncios. Atualmente, o Twitter é gratuito para a maioria dos utilizadores.

Hoje, Musk disse que a rede social perde quatro milhões de euros por dia.

A atualização do Twitter disse que o novo serviço estará disponível nos Estados Unidos, Canadá, Austrália, Nova Zelândia e Reino Unido. “Assim que confirmarmos que está a funcionar bem no conjunto inicial de países e terminarmos o trabalho de tradução, ele será lançado em todo o mundo”, disse Musk via tweet.

Relacionadas

Proprietário do Twitter diz que rede social perde quatro milhões de euros por dia

Este foi o motivo usado por Elon Musk, o novo proprietário do Twitter, para justificar o despedimento de mais de 3.700 funcionários.

Twitter processado por trabalhadores despedidos

Desde que a rede social foi adquirida por Elon Musk que se antecipa o despedimento de um grande número de funcionários da empresa. 

Twitter. Conta de Trump vai continuar bloqueada pelo menos até às eleições intercalares (com áudio)

O novo dono daquela rede social, Elon Musk, informou num tweet que a reposição de todos os perfis bloqueados está em processo, mas vai demorar “pelo menos mais algumas semanas”.
Recomendadas

Banco de Fomento lança consulta pública para dois novos Programas de co-investimento em PME

Estando ainda disponível o montante de 475 milhões de euros para lançar novos Programas, “o BPF convida as empresas e todos os interessados a participar na consulta pública acerca de futuras soluções de capital e quase capital, com o objetivo de obter contributos sobre as condições de dois Instrumentos Financeiros pré-estruturados destinados a fomentar a constituição de empresas e/ou capitalização empresarial”, revela o banco liderado por Ana Carvalho.

Premium“Somos a ótica das pessoas e que traz o know how francês”, diz CEO do grupo MonOpticien

Em entrevista ao JE, o CEO do grupo MonOpticien, Florent Carriére, explica o modelo de subscrição que traz para Portugal. “O meu concorrente não é a Multióticas, é a a Netflix e o Spotify”, sublinha.

Bancos da zona euro devolvem antecipadamente 447,5 mil milhões ao BCE

Este montante vem juntar-se aos quase 300 mil milhões de euros que foram reembolsados antecipadamente em 23 de novembro.
Comentários