Uber cobra mais de 12 mil euros por viagem de 20 minutos

O caso foi partilhado nas redes sociais, onde se gerou uma onda de indignação, obrigando a empresa a vir a público confirmar que tudo não se passou de um erro.

REUTERS/Toby Melville

Um cliente da Uber foi surpreendido com uma fatura de mais de 12 mil euros por uma viagem de 21 minutos, na cidade de Toronto, no Canadá. O caso foi partilhado nas redes sociais, onde se gerou uma onda de indignação, obrigando a empresa a vir a público confirmar que tudo não se passou de um erro.

Hisham Salama chamou um Uber para o levar de casa até ao hospital, para ir visitar um amigo. Estimava pagar, em média, 20 dólares canadianos e quando viu o montante que lhe tinha sido debitado não pode deixar de se mostrar chocado. A sua conta era de 18.518 dólares canadianos, o equivalente a 12.234 euros. Ainda pensou que se tratava de uma brincadeira, mas ao ver que lhe tiram tirado mesmo esse dinheiro da conta resolveu protestar.

Ligou então para a linha de apoio ao cliente da empresa de transportes que se recusou a devolver o dinheiro. “Posso-lhe confirmar que, com base na localização de início e fim da viagem que fez, o preço está correto”, ter-lhe-á garantido uma das funcionárias.

Foi então que decidiu denunciar o caso nas redes sociais, onde a situação atingiu novas proporções. As mensagens de apoio ao cliente e as denúncias da atividade abusiva da empresa rapidamente se espalharam por todo o mundo. “Obviamente que a tarifa para 20 minutos não é de 18.518 dólares canadianos”, escreveu Hisham Salama no Twitter.

A empresa foi então obrigada a explicar o caso. “Houve de facto um erro que já foi resolvido. Fizemos um reembolso por completo ao nosso cliente e pedimos-lhe as nossas desculpas por esta má experiência”, explicou a empresa à revista norte-americana ‘Slate’. “Já tomamos medidas para evitar que casos destes se venham a repetir no futuro, além de estarmos a trabalhar para perceber como é que isto aconteceu”.

Recomendadas

Multas aplicadas a sites financeiros ilegais dispara nove vezes

Pandemia e inflação impulsionaram serviços que oferecem investimentos milagrosos ou empréstimos avultados, tendo disparado o número de avisos e coimas aplicadas a estes sites ilegais.

The Big Ones. Apple: serviços crescem, receitas do iPhone caem

The Big Ones destaca semanalmente as inovações e movimentos estratégicos das empresas que lideram a nova economia.

Portugal à porta do ‘top 10’ da Europa na capacidade de produzir baterias (com áudio)

Numa altura em que o mercado dos veículos elétricos cresce a olhos vistos, os dados projetados para 2030 apontam para uma capacidade de 48 GWh, num ‘ranking’ liderado pela Alemanha, que leva uma larga vantagem para os outros países europeus.
Comentários