Ucrânia: Guterres “condena” ataque a prédio em Dnipro, diz Porta-voz

O secretário-geral das Nações Unidas (ONU) “condenou” hoje o ataque mortal russo a um prédio residencial em Dnipro, na Ucrânia, considerando-o mais um exemplo de “suspeitas de violação das leis de guerra”, disse uma porta-voz de António Guterres.

António Guterres

“Um ataque atingiu um prédio residencial em Dnipro na noite de sábado, num dos ataques mais mortíferos na Ucrânia desde o início da invasão russa”, disse Stephanie Tremblay a jornalistas.

“O secretário-geral condenou este ataque, dizendo que este foi mais um exemplo de suspeita de violação das leis de guerra”, acrescentou.

A coordenadora humanitária da ONU na Ucrânia, Denise Brown, pediu “uma verdadeira investigação por suspeita de crimes de guerra e o julgamento dos suspeitos”, acrescentou a porta-voz.

Embora o balanço deste ataque seja de 40 mortos – entre elas três crianças – e de pelo menos 75 feridos, “espera-se que esses números aumentem à medida que as operações de socorro continuam”, observou.

“Mais de mil pessoas estão desabrigadas por causa deste ataque”, disse Tremblay, acrescentando que as agências da ONU estão a ajudar a realocá-las, além de distribuir cobertores, roupas quentes, kits de higiene ou remédios.

A ofensiva militar lançada a 24 de fevereiro de 2022 pela Rússia na Ucrânia causou até agora a fuga de mais de 14 milhões de pessoas – 6,5 milhões de deslocados internos e mais de 7,9 milhões para países europeus -, de acordo com os mais recentes dados da ONU, que classifica esta crise de refugiados como a pior na Europa desde a Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

Neste momento, 17,7 milhões de ucranianos precisam de ajuda humanitária e 9,3 milhões necessitam de ajuda alimentar e alojamento.

A invasão russa – justificada pelo Presidente russo, Vladimir Putin, com a necessidade de “desnazificar” e desmilitarizar a Ucrânia para segurança da Rússia – foi condenada pela generalidade da comunidade internacional, que tem respondido com envio de armamento para a Ucrânia e imposição à Rússia de sanções políticas e económicas.

A ONU apresentou como confirmados desde o início da guerra 7.031 civis mortos e 11.327 feridos, sublinhando que estes números estão muito aquém dos reais.

Recomendadas

Congresso brasileiro toma posse, com eleiçao de líderes que definem relação com governo

Vencerá a eleição no Senado o candidato com 41 ou mais votos de um total de 81 senadores.

Receitas dos casinos de Macau atingem valor mais elevado desde início da pandemia

As concessionárias em Macau têm acumulado desde 2020 prejuízos sem precedentes e o Governo tem sido obrigado a recorrer à reserva extraordinária para responder à crise, já que cerca de 80% das receitas governamentais provêm dos impostos sobre o jogo.

Brasil gerou dois milhões de empregos no ano passado, menos do que em 2021 (com áudio)

O Brasil, a maior economia da América Latina, gerou 2.037.982 empregos formais em 2022, 26,6% menos do que os criados em 2021, disse esta terça-feira o governo.
Comentários