Ucrânia: UE disponibiliza mais 500 milhões de euros para apoiar Kiev

A União Europeia (UE) vai disponibilizar mais 500 milhões de euros para apoiar a Ucrânia, anunciou hoje o ministro dos Negócios Estrangeiros português, depois de uma reunião com os homólogos de todos os Estados-membros.

João Gomes Cravinho acrescentou que a este pacote de ajuda a Kiev, a UE vai juntar também 45 milhões de euros de investimento na “missão de assistência militar” à Ucrânia, uma iniciativa de treino de militares na Polónia e na Alemanha.

Os ministros dos Negócios Estrangeiros da União Europeia também discutiram a “questão complexa” da criação de um tribunal para combater a impunidade pelos “crimes cometidos na Ucrânia de guerra ou o crime de agressão, que é mais amplo”.

Os governantes com a pasta da diplomacia reuniram-se hoje em Bruxelas (Bélgica) para avaliar o apoio à Ucrânia, que está a quase um ano em guerra com a Rússia.

Recomendadas

Zelensky desloca-se hoje ao Reino Unido e vai encontrar-se com Sunak

Depois do Reino Unido, espera-se que Volodymyr Zelensky se desloque até Bruxelas amanhã, onde se irá voltar a encontrar com Charles Michel e Ursula von der Leyen. Ainda assim, a visita de quinta-feira ainda é uma incógnita, uma vez que a viagem deveria ter sido mantida em segredo.

Ucrânia: Portugal abriu 103 processos envolvendo crianças e três estão em famílias de acolhimento

Desde que começou a guerra na Ucrânia, a 24 de fevereiro do ano passado, Portugal atribuiu 14.082 proteções temporárias a menores ucranianos, representando cerca de 25% do total dos refugiados que fugiram do conflito.

Ucrânia: Programa levará crianças ucranianas a passar férias em Portugal

“Como um país seguro, Portugal foi visto como uma boa opção para organizar o programa, pelo que vamos preparar tudo para responder a esta necessidade, procurando que Portugal seja mais uma vez um espaço de acolhimento”, apontou Ana Mendes Godinho.
Comentários