UE canaliza 183 milhões de euros para promover produtos agroalimentares europeus em 2021

Este programa de trabalho da política de promoção coloca uma tónica especial na promoção de produtos e métodos agrícolas que apoiam mais diretamente os objetivos do Pacto Ecológico Europeu, dando prioridade aos produtos biológicos, às frutas e produtos hortícolas e à agricultura sustentável.

A União Europeia (UE) decidiu canalizar 182,9 milhões de euros no próximo ano de 2021 para promover produtos agroalimentares europeus, com destaque para agricultura sustentável.

“Em 2021, foi afetado um total de 182,9 milhões de euros à promoção dos produtos agroalimentares da UE, dentro e fora da União. Este programa de trabalho da política de promoção coloca uma tónica especial na promoção de produtos e métodos agrícolas que apoiam mais diretamente os objetivos do Pacto Ecológico Europeu, dando prioridade aos produtos biológicos, às frutas e produtos hortícolas e à agricultura sustentável”, explica o RAPID, boletim informativo da representação permanente da Comissão Europeia em Portugal.

De acordo com essa nota, “a política da UE para a promoção dos produtos agroalimentares visa aumentar a competitividade do setor, tirando partido da expansão dos mercados agroalimentares mundiais e sensibilizando para os elevados padrões utilizados na agricultura da UE, nomeadamente em termos de qualidade e sustentabilidade”.

“No próximo ano, será criado um novo quadro para a política de promoção, tal como previsto na Estratégia ‘do Prado ao Prato'”, conclui o referido comunicado.

 

Recomendadas

CAP, IEFP e ANAPEC assinam acordo para recrutar 400 trabalhadores marroquinos para agricultura

Projeto piloto com início ainda em 2022 tem como objetivo o levantamento das necessidades, negociação e partilha das ofertas de emprego, a informação pré-partida aos candidatos relativa às condições de vida e trabalho em Portugal, o recrutamento e seleção dos trabalhadores, em Marrocos e o acompanhamento da integração dos trabalhadores nas empresas associadas.

Agricultura. Já há guias orientadores do Plano Estratégico da PAC

Os guias orientadores das medidas e instrumentos disponibilizados pelo Plano Estratégico da Política Agrícola Comum em Portugal (PEPAC) já estão disponíveis ‘online’, prevendo-se que este instrumento comece a ser operacionalizado no início de 2023, anunciou hoje o executivo.

Bruxelas dá ‘luz verde’ ao plano estratégico português de 6.700 milhões para PAC

“Hoje [quarta-feira] a Comissão Europeia aprovou o primeiro pacote de planos estratégicos da PAC para sete países: Dinamarca, Finlândia, França, Irlanda, Polónia, Portugal e Espanha”, anuncia o executivo comunitário em comunicado hoje divulgado.
Comentários