UE chega a acordo para reduzir consumo de gás

O acordo prevê exceções para alguns países ao corte de 15% de gás.

Os ministros da Energia da União Europeia (UE) reuniram-se esta terça-feira e chegaram, por fim, a um acordo para reduzir o consumo de gás em 15% até à primavera, com exceções previstas para alguns países.

Da parte de Espanha, a ministra da Transição Ecológica, Teresa Ribera, sustentou que apoia o plano que a UE preparou para reduzir o consumo de gás tendo em vista o inverno, mas descartou assumir um corte de 15%.

“Teremos uma meta de redução. Não 15%, mas significativamente menor. Porque se é um pacote solidário, o que temos que fazer é combinar as diferentes medidas de solidariedade, que não se resumam apenas em poupança líquida”, explicou Ribera aquando da sua chegada à reunião em em Bruxelas.

A ministra espanhola admitiu ainda que “hoje é um dia muito importante” porque entende que a UE “deve sair com uma mensagem clara de unidade diante da chantagem de Putin”.

Por sua vez, o ministro Duarte Cordeiro, quando chegou ao evento, congratulou-se com a mais recente proposta de regulamento colocada sobre a mesa pelo executivo comunitário, que contempla exceções, dando resposta “a algumas das questões levantadas por Portugal e outros países”.

“Queria dar nota de que nunca esteve em causa a solidariedade de Portugal. Portugal sempre foi e quer ser solidário com os restantes países europeus”, destacou.

Em atualização

Recomendadas

Grupo iraniano condena ataque a Salman Rushdie

Pensadores religiosos próximos da Organização de Solidariedade dos Republicanos do Irão condenaram o ataque ao escritor, o apoio implícito do Estado a esse ataque e o fundamentalismo que acompanha alguns correntes do islamismo.

Salman Rushdie está no “caminho da recuperação”

O escritor britânico Salman Rushdie está no “caminho da recuperação”, dois dias após ter sido apunhalado várias vezes nos Estados Unidos por um jovem norte-americano de origem libanesa.

Nova delegação norte-americana visita Taiwan

Depois da visita de Nancy Pelosi, líder dos Representantes dos Estados Unidos, uma nova delegação de congressistas viajou para Taiwan.
Comentários