PremiumUm belo tinto crescido entre as lebres e os gamos do Alto Alentejo

A Tapada de Coelheiros, nas imediações de Arraiolos, reflete o enquadramento da paisagem norte-alentejana, preservando as culturas tradicionais da região e o equilíbrio deste ecossistema ainda quase perfeito.

A Tapada de Coelheiros, nas imediações de Arraiolos, reflete o enquadramento da paisagem norte-alentejana, preservando as culturas tradicionais da região e o equilíbrio deste ecossistema ainda quase perfeito.

Inserida na região vitivinícola demarcada do Alentejo, esta herdade estende-se ao longo de cerca de 800 hectares, entre os quais aproximadamente 50 hectares de vinha em parcelas selecionadas, 40 hectares de pomar de nogueiras, além de uma vasta área de montado, onde pastam livremente ovelhas, veados e gamos.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

Grandes nomes da fotografia norte-americana do séc. XX na Casa dos Cubos

A coleção “Farm Security Administration” é um dos mais extraordinários arquivos fotográficos da História e está agora em exposição no Centro de Estudos de Fotografia – Casa dos Cubos, em Tomar, até dia 19 de março.

Balena cria materiais biodegradáveis para a moda

A Balena criou um termoplástico biodegradável e compostável que pode ser integrado nos processos de fabrico de vestuário existentes.

Celebrar 20 anos de KINO, a mostra de cinema de expressão alemã

De 2 a 8 de fevereiro, o Goethe-Institut Portugal traz a Lisboa o melhor cinema da Alemanha, Áustria, Suíça e Luxemburgo. Mas não só. Fazendo jus ao mote deste ano, “Novos Começos”, o cinema de expressão alemã vai estender-se a outras três cidades: Lagos, Coimbra e Porto.
Comentários