Uma em cada quatro crianças em risco de pobreza extrema em Portugal

Os dados do Eurostat revelam que, no ano passado, 24,2% das crianças com menos de 18 anos do bloco comunitário corriam o risco de pobreza ou de exclusão social, um aumento de 22,8% quanto comparado a 2019.

Em 2020, uma em cada cinco crianças vivia em situação de risco de pobreza ou de exclusão social. De acordo com os dados divulgados pelo  Eurostat, esta quinta-feira, eram cerca de 24,2%, sendo que Portugal encontra-se ligeiramente abaixo com 22% das crianças, em 2020, nessa mesma situação.

Os dados do gabinete de estatísticas da União Europeia revelam que, no ano passado, 24,2% das crianças com menos de 18 anos do bloco comunitário corriam o risco de pobreza ou de exclusão social, um aumento de 22,8% quanto comparado a 2019.

E se nas crianças o risco de pobreza aumentou, o mesmo se verificou entre os adultos e os idosos. Segundo o Eurostat, a taxa de pobreza entre os adultos dos 18 aos 24 anos e dos idosos com 65 ou mais anos é de 21,7% e 20,4%, respetivamente, enquanto que em 2019, 21,1% dos adultos encontravam-se nesta situação, bem como 19,4% das pessoas com 65 anos ou mais.

Entre os países que registaram a maior taxa de crianças em risco de pobreza ou exclusão social, encontra-se a Roménia (41,5%), a Bulgária (36,2%), Espanha (31,8%) e a Grécia (31,5%). Em sentido inverso surge a Eslovénia, (12,1%), a República Checa (12,9%) atrás da Dinamarca (13,5%) e da Finlândia (14,5%).

Portugal encontra-se a meio da tabela, na 12.ª posição e abaixo da média comunitária, com 21,9% da população em risco de pobreza ou de exclusão social, valor idêntico ao da Áustria e semelhante ao registado em 2019.

Recomendadas

Investigadores de Coimbra “preparam” refeições à base de algas da Figueira da Foz

Algas existentes nos penedos da praia da Tamargueira, em Buarcos, Figueira da Foz, estão na base de um projeto que inclui sopas, pratos salgados e sobremesas.

Emitido mandado de detenção para Vale e Azevedo

O Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa emitiu hoje um mandado de detenção para o antigo presidente do Benfica João Vale e Azevedo, alegando que se recusa a comparecer perante o juiz.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta sexta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta sexta-feira.
Comentários