UE vai abrir escritório em Silicon Valley para abrir via de diálogo com tecnológicas

A União Europeia pretende envolver empresas como a Apple, Google e Meta que estão sediadas naquela região norte-americana e enfrentam medidas mais rígidas impostas pela UE, como a Lei de Mercados Digitais e a Lei de Serviços Digitais.

A União Europeia planeia abrir um escritório em Silicon Valley, em São Francisco nos Estados Unidos, de forma a envolver algumas das gigantes tecnológicas que têm o seu ‘quartel general’ naquela região norte-americana, revela o “Político” esta quarta-feira, 27 de abril.

A Apple, Google e Meta que estão sediadas na Baía de São Francisco e enfrentam medidas mais rígidas impostas pela UE, como a Lei de Mercados Digitais e a Lei de Serviços Digitais. A União Europeia já conta com uma delegação em Washington, supervisionada pelo Serviço Europeu de Ação Externa (SEAE) que irá fazer a coordenação da sede em São Francisco.

De acordo com o “Político” já está agendada para 23 de maio uma viagem de vários membros do parlamento europeu para visitar às sedes da Meta e da Google, além de universidades daquele estado.

De resto, esta não é a primeira vez que autoridades europeias procuram entrar na região também conhecida como Silicon Valley. Em 2017, a Dinamarca tornou-se o primeiro país a estabelecer-se na zona de Golden State, com o diplomata Casper Klynge a ser enviado para a Califórnia.

Este período durou até março de 2020, quando o diplomata assumiu o cargo de vice-presidente da Microsoft para os assuntos governamentais europeus. A ‘embaixadora da tecnologia’ global da Dinamarca é agora Anne Marie Engtoft Larsen, com sede na Suíça, e o escritório em Silicon Valley é ocupado por Helena Mølgaard Hansen.

Recomendadas

EUA. Fed mantém em aberto subidas consecutivas de 50 pontos base

A Reserva Federal mostra-se preparada para mais subidas na ordem dos 50 pontos base, como ocorreu em maio, e reconhece que uma política monetária restritiva poderá ser necessária para conter a inflação, que se mantém perto dos máximos de 1981 registados em março.

CCDR reconduz vice-presidente da Comissão Arco Atlântico

A Comissão Arco Atlântico tem como principal objetivo promover, através da cooperação inter-regional, o desenvolvimento das regiões que a integram (Irlanda, França, Espanha e Portugal). Teresa Almeida, foi reconduzida no cargo de Vice-presidente.

IRS Jovem passa a abranger doutorados até aos 30 anos

Os deputados disseram “sim” à proposta de alteração do PS que muda o IRS Jovem, alargando o seu potencial relativamente aos doutorados.
Comentários