União Europeia vai enviar para a Grécia 200 bombeiros para a época de verão

A decisão da União Europeia acontece depois de no ano passado uma série de incêndios florestais ter queimado cerca de 300 mil hectares de floresta.

A Comissão Europeia anunciou esta quinta-feira que ia enviar para a Grécia mais de 200 bombeiros e equipamentos da Bulgária, Finlândia, França, Alemanha, Roménia e Noruega para fornecer apoio imediato no caso de ocorrerem grandes incêndios florestais durante o verão.

No ano passado uma série de incêndios florestais queimou cerca de 300 mil hectares de floresta em diferentes partes da Grécia.

“Em agosto de 2021, a Grécia testemunhou cerca de 65 incêndios florestais simultâneos por dia, com temperaturas médias muitas vezes superiores a 40℃”, disse o comissário de gestão de crises da União Europeia, Janez Lenarcic, em comunicado citado pela “Reuters”.

“Juntamente com as autoridades gregas, concordamos com a presença de mais de 200 bombeiros altamente qualificados de todo o continente para apoiar os socorristas nacionais quando os incêndios ocorrerem”, acrescentou.

Após duras críticas à sua resposta aos incêndios, o governo grego criou um novo ministério de proteção civil e prometeu aumentar as capacidades de combate a incêndios como parte de sua batalha para combater o aquecimento global.

A assistência, financiada e coordenada pelo mecanismo de proteção civil da UE, será complementada por aeronaves de combate a incêndios disponíveis aos países da União Europeia na reserva de recursos do bloco.

Recomendadas

Israel abateu três drones do Hezbollah no Mediterrâneo

O exército israelita afirmou hoje que abateu três drones do grupo xiita libanês Hezbollah e que se dirigiam a um campo de gás no Mediterrâneo, numa área marítima disputada pelos dois países.

Manifestações pelo direito ao aborto reúnem milhares em França

Várias manifestações ocorreram hoje em França em defesa do direito ao aborto e para manifestar apoio às mulheres norte-americanas, depois da decisão, na semana passada, do Supremo Tribunal dos Estados Unidos, de revogar esse direito.

Marcelo parte para São Paulo ainda sem “comunicação por escrito” de Bolsonaro

O chefe de Estado português afirmou hoje, antes de partir do Rio de Janeiro para São Paulo, que continua sem receber nenhuma “comunicação por escrito” do Presidente do Brasil a cancelar o almoço de segunda-feira em Brasília.
Comentários