Unicredit anuncia corte de 14 mil postos de trabalho até 2019

O italiano Unicredit espera poupar 1,1 mil milhões de euros em despesas com pessoal até 2019.

O Unicredit anunciou hoje a intenção de fazer um aumento de capital de 13 mil milhões de euros e de cortar 14 mil postos de trabalho até 2019.

O banco espera poupar 1,1 mil milhões de euros em despesas com pessoal com esta medida, integrada num novo plano estratégico hoje apresentado.

O Unicredit está entre os bancos com pior desempenho nos testes de resistência europeus publicados em julho.

Os créditos malparados da banca italiana atingem os 360 mil milhões de euros, cerca de um terço do total existente na zona euro.

A vulnerabilidade da banca italiana suscita há meses desconfiança entre os investidores.

O Unicredit está hoje a desvalorizar 0,83%.

Recomendadas

BNA levanta suspensão da participação no mercado cambial imposta ao Finibanco Angola

O Finibanco Angola tinha sido suspenso de participar no mercado cambial, por um período de 45 dias, pelo Banco Nacional de Angola (BNA), depois de o supervisor bancário angolano detectar incumprimentos durante uma inspecção pontual, em meados de agosto.

Banco de Portugal mantém a zero a exigência aos bancos de um “reserva contracíclica de fundos próprios”

O Banco de Portugal revelou o tradicional comunicado sobre a reserva contracíclica de fundos próprios, desta vez relativa ao 4.º trimestre de 2022. O supervisor vai manter a dispensa de constituição de reserva contracíclica para a banca no quatro trimestre deste ano, à semelhança do que sucedeu nos anteriores.

Merlin Properties compra sede do Novobanco na Avenida da Liberdade por 112 milhões

A informação do comprador foi confirmada pela entidade bancária esta sexta-feira em comunicado, depois de já ter avançado com o valor do negócio nas últimas semanas.
Comentários