Universidade de Évora atribui Honoris Causa ao arquiteto Carrilho da Graça

 O arquiteto João Luís Carrilho da Graça, de 70 anos, vai receber o grau de Doutor Honoris Causa pela Universidade de Évora (UÉ), numa cerimónia marcada para a próxima terça-feira, anunciou hoje a academia alentejana.

A Universidade de Évora, em comunicado enviado à agência Lusa, revelou que a cerimónia de doutoramento vai ter lugar na sala dos Actos do Colégio Espírito Santo, às 15:00.

O discurso laudatório estará a cargo de Jorge Araújo, professor e antigo reitor da UÉ, que é patrono da distinção, conjuntamente com o arquiteto Álvaro Siza Vieira, destacou a academia.

A atual reitora da UÉ, Hermínia Vasconcelos Vilar, justificou a outorga do doutoramento ao arquiteto “pela genialidade que Carrilho da Graça imprime em todos os seus trabalhos, caracteristicamente com forte relação com os territórios”.

O que, para a reitora, “diz muito sobre a sua personalidade e a relevância que, desde cedo, tem assumido na arquitetura em Portugal e além-fronteiras”, pode ler-se no comunicado.

Carrilho da Graça é uma “figura ímpar” no panorama cultural nacional, mais precisamente na área da arquitetura, frisou ainda a reitora.

“O arquiteto Carrilho da Graça procura nos seus trabalhos oferecer-nos algo de novo, experimentando soluções inovadoras que nos desafiam”, disse, dando como exemplo a junção de cortiça e betão na obra do Terminal de Cruzeiros de Lisboa, recentemente considerado o “Melhor Terminal de Cruzeiros da Europa”, nos World Cruise Awards.

Além disso, a reitora realçou a “forte ligação de Carrilho da Graça à Universidade de Évora”, onde foi professor e diretor do Departamento de Arquitetura e impulsionador do Programa de Doutoramento em Arquitetura, “e à região do Alentejo, de onde é natural”, tendo nascido em Portalegre, em 1952.

Mais recentemente, o arquiteto projetou o novo edifício do Parque do Alentejo de Ciência e Tecnologia (PACT), em Évora.

Segundo a UÉ, “estes são apenas alguns argumentos que motivaram a atribuição do grau de Doutor Honoris Causa pela Universidade de Évora ao arquiteto Carrilho da Graça”.

Em abril, na Casa de Arquitetura, em Matosinhos (Porto), abriu a exposição “Flashback Carrilho da Graça”, que dá a conhecer os mais de 40 anos de trabalho e percurso profissional do arquiteto e pode ser visitada até 29 de janeiro do próximo ano, disse a academia alentejana.

João Luís Carrilho da Graça é licenciado em Arquitetura pela Escola Superior de Belas-Artes de Lisboa, autor de projetos em Portugal, Espanha, França, Chipre, Itália, Suíça, Bélgica, Países Baixos, Alemanha, Áustria, Hungria, Finlândia, Egito, Brasil e Estados Unidos da América.

Venceu, entre outros, o Prémio da Associação Internacional dos Críticos de Arte em 1992, o Prémio Secil da Arquitetura em 1994 e o Prémio Valmor em 1998, 2008, 2010 e 2017.

Foi agraciado com a Ordem de Mérito da República Portuguesa em 1999 e venceu o Prémio Pessoa em 2008.

Recomendadas

80% dos que se despediram em 2022 arrependem-se da decisão, aponta estudo

O fenómeno que ficou conhecido como ‘a grande demissão’ resultou num grande arrependimento. 80% dos trabalhadores que largaram os seus empregos no ano passado gostaria de voltar atrás na decisão, revela um estudo da Paychex.

Investigador do Técnico recebe bolsa europeia para estudar redes neuronais artificiais

André Martins quer apresentar soluções para alguns problemas fundamentais do processamento de linguagem natural (NLP). O seu campo de estudo são redes neuronais artificiais aplicadas ao processamento de linguagem natural

Centro de Data Science da Nova SBE lança página com ofertas de emprego e voluntariado de impacto social

A página apresenta informação sobre os perfis pretendidos pelas organizações sociais, podendo os candidatos submeter a candidatura através de e-mail, Linkedin, ou outra via aí divulgada.
Comentários