Universidade do Porto abre candidaturas para Escola de Startups

Os empreendedores graduados que tenham ideias de negócios ligadas às artes, ciências ou tecnologias e que queiram criar um negócio podem inscrever-se até 23 de setembro.

As candidaturas para a 10.ª edição da Escola de Startups do UPTEC – Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto já estão abertas. O programa de aceleração de ideias de negócio tem a duração de três meses e aborda temas como o modelo de negócio, mercado e estratégia, propriedade intelectual, finanças, financiamento e apresentação do pitch.

As equipas que frequentarem a escola têm a oportunidade de assistir a workshops fundamentais para a criação de um negócio, agendar reuniões com parceiros estratégicos e empreendedores seniores, receber acompanhamento individual dos mentores do UPTEC e ainda de apresentar o projeto num evento público.

Os projetos selecionados que estejam a desenvolver tecnologias na área das telecomunicações vão ter o apoio do Vodafone Power Lab, através da entrada gratuita na Escola de Startups (isenção do pagamento da inscrição) e acesso ao espaço de incubação da Operadora no UPTEC. Este programa de incentivo à inovação e empreendedorismo da Vodafone Portugal apoia a incubação, oferece mentoring e formação, entre outras condições que contribuem para o desenvolvimento de novas empresas.

Em comunicado, a UPTEC refere que nas primeiras nove edições da iniciativa, a Escola de Startups recebeu para cima de 400 participantes, acelerou quase 200 projetos empresariais e deu origem à criação de cerca de 60 startups.

A Escola de Startups do UPTEC tem um custo por projeto de 250 euros, acrescido de IVA.

Recomendadas

Três startups vencem programa de inovação da Prio

As empresas AirCO2 Fintech (Espanha), BeFC (França) e Evyon (Noruega) ganharam a sexta edição do “Jump Start”. “Perante desafios tão importantes como a transformação digital, sustentabilidade e a transição energética, acreditamos que é fundamental dar voz e colaborar com startups”, garante a diretora de I&D da petrolífera.

PremiumPortugal Ventures passa de prejuízo a lucro de 12 milhões

A sociedade do grupo Banco Português de Fomento registou um aumento de 45% na valorização da carteira de capital de risco, em relação a 2020, o que explicou os resultados líquidos positivos.

Prémio “João Vasconcelos – Empreendedor do ano 2022” atribuído aos fundadores da Coverflex

O prémio de “Empreendedor do Ano” foi entregue pelo presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Carlos Moedas, e por Bernardo Correia, ‘country manager’ da Google Portugal, entidade parceira desta edição.
Comentários