Universidade de Lisboa salta 100 lugares e entra no Top 400

Ao todo, cinco universidades portuguesas aparecem no ranking, mas no geral, o ensino superior português piora os seus resultados. A Universidade de Lisboa, que resultou da fusão entre a Universidade Clássica e a Universidade Técnica de Lisboa, é a única a avançar este ano. Fora do ranking nos anos anteriores, Lisboa saltou mais de 100 […]


Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Ao todo, cinco universidades portuguesas aparecem no ranking, mas no geral, o ensino superior português piora os seus resultados. A Universidade de Lisboa, que resultou da fusão entre a Universidade Clássica e a Universidade Técnica de Lisboa, é a única a avançar este ano. Fora do ranking nos anos anteriores, Lisboa saltou mais de 100 posições, classificando-se em 330.ª

A uns escassos sete lugares (323.º) ficou a Universidade do Porto, que, à semelhança do ano passado, é a instituição portuguesa melhor colocada no QS World University Rankings, organizado pelo pela QS Quacquarelli Symonds em parceria com um conselho consultivo internacional de académicos.

A terceira portuguesa é a Universidade Nova Lisboa. Perdeu 15 lugares, detendo agora a 366ª posição. Já a Universidade de Coimbra saiu do Top 400, figurando agora no intervalo entre 451 e 460. A Universidade Católica Portuguesa, de Lisboa, não mais aparece no Top 700. Ela caiu da faixa 651-700 para a 701+.

De referir que este ano, as universidades portuguesas tiveram melhor desempenho entre os empregadores do que entre os académicos. De igual forma, quatro das cinco instituições nacionais melhoraram sua performance em pesquisa, medida pelo indicador da QS Citações por Corpo Docente. A Universidade do Porto agora aparece em 200º lugar neste indicador.

 

 

QS World University Rankings 2016/17: Portugal
2016 2015 Nome da Instituição
  323   308 UNIVERSIDADE DO PORTO
  330= 481-490 UNIVERSIDADE DE LISBOA
  366=   351= UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA
451-460   367= UNIVERSIDADE DE COIMBRA
  701+ 651-700 UNIVERSIDADE CATOLICA PORTUGUESA, LISBOA

 

Na análise de Ben Sowter, chefe da Divisão de Pesquisa da QS, o ranking deste ano revela que os níveis de investimento têm determinado quem progride e quem regride.

Instituições em países que oferecem altos níveis de financiamentos específicos, seja por doações ou a partir de recursos públicos, estão a subir no ranking. Do contrário, nações da Europa Ocidental que estão a cortar investimentos em pesquisas públicas estão a perder terreno para os Estados Unidos e a Ásia.

 

O MIT lidera o ranking pelo quinto ano consecutivo. A nível do top 3, o destaque vai para a Universidade de Stanford, que atirou Cambridge para o quarto lugar. Isso significa que as instituições norte-americanas dominam as três primeiras posições pela primeira vez desde criação do ranking em 2004. Rússia, China, Japão e Coréia do Sul apresentaram melhorias notáveis, enquanto o Reino Unido, a Alemanha e a Itália perderam espaço.

QS World University Rankings 2016/17: Top 20 Global
2016 2015 Nome da Instituição País
  1   1 MASSACHUSETTS INSTITUTE OF TECHNOLOGY (MIT) EUA
  2   3= STANFORD UNIVERSITY EUA
  3   2 HARVARD UNIVERSITY EUA
  4   3= UNIVERSITY OF CAMBRIDGE Reino Unido
  5   5 CALIFORNIA INSTITUTE OF TECHNOLOGY (CALTECH) EUA
  6   6 UNIVERSITY OF OXFORD Reino Unido
  7   7 UCL (UNIVERSITY COLLEGE LONDON) Reino Unido
  8   9 ETH ZURICH (INSTITUTO FEDERAL DE TECNOLOGIA DA SUÍÇA) Suíça
  9   8 IMPERIAL COLLEGE LONDON Reino Unido
  10   10 UNIVERSITY OF CHICAGO EUA
  11   11 PRINCETON UNIVERSITY EUA
  12   12 UNIVERSIDADE NACIONAL DE SINGAPURA (NUS) Singapura
  13   13 UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA DE NANYANG (NTU) Singapura
  14   14 ESCOLA POLITÉCNICA FEDERAL DE (EPFL) Suíça
  15   15 YALE UNIVERSITY EUA
  16   17 CORNELL UNIVERSITY EUA
  17   16 JOHNS HOPKINS UNIVERSITY EUA
  18   18 UNIVERSITY OF PENNSYLVANIA EUA
  19   21 UNIVERSITY OF EDINBURGH Reino Unido
  20   22 COLUMBIA UNIVERSITY EUA
© QS Quacquarelli Symonds 2004-2016 http://www.TopUniversities.com/

 

Por Almerinda Romeira

Recomendadas

Ministra da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior visita MIT no início da semana para reforçar parceria internacional

“Trata-se de uma parceria que visa estimular a internacionalização da investigação científica, a criação de empregos científicos e qualificados e de novas empresas tecnológicas”, explica o gabinete de Elvira Fortunato.

PremiumFaculdade Egas Moniz muda de nome e investe no perfil de “universidade cívica”

Quatro décadas a formar profissionais de saúde e um processo de internacionalização bem sucedido dão à agora renomeada Egas Moniz School of Health & Science a aspiração de, a curto prazo, vir a ter o curso de Medicina.

Premium“Garantimos um ambiente universitário cada vez mais multicultural”

Será o ensino superior português inclusivo? Responsáveis pela vertente internacional das universidades procuram responder à questão.