Ursula von der Leyen elogia “investimento significativo” de Portugal na transição energética

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, afirmou esta quarta-feira que Portugal é um dos países mais afetados pelas alterações climáticas e salientou que o país deve procurar encontrar uma forma de transportar o excedente de energia renovável para os outros países.

Ursula Von Der Leyen | Twitter

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, elogiou esta quarta-feira o “investimento significativo” feito por Portugal na área da transição energética. Ursula von der Leyen identificou Portugal como um dos países mais afetados pelas alterações climáticas e salientou que o país deve procurar encontrar uma forma de transportar o excedente de energia renovável para os outros países.

“Portugal é um dos países mais afetados pelas alterações climáticas: tem uma longa costa, tem furacões, cheias e fogos florestais de grande dimensão que já causaram um grande impacto – no ano passado morreram 60 pessoas”, afirmou Ursula von der Leyen, numa intervenção na sessão plenária do Parlamento Europeu, em Estrasburgo, sobre as conclusões do Conselho Europeu da semana passada.

A presidente do executivo comunitário referiu que “Portugal começou a sua transição para energias limpas em 2005 e investiu de forma significativa desde então”. “Em 2023, [Portugal] vai encerrar a última mina de carvão mineral, já tem um excedente de energia renovável e, juntamente com o governo holandês, está a trabalhar e a preparar a energia de hidrogénio verde”, disse, referindo-se ao encerramento das centrais de carvão de Sines e do Pego.

O desafio agora é, segundo Ursula von der Leyen, “como transportar a sua energia renovável através de Espanha e de França para os outros países onde esta energia é necessária”.

“De uma perspetiva portuguesa, o Pacto Ecológico Europeu tem a ver com infraestruturas de energia, com as interligações e com a adaptação às alterações climáticas”, sublinhou.

Recomendadas

Ricardo Leão: “Falta, acima de tudo, comunicação e coordenação no Governo”. Veja o “Discurso Direto”

Discurso Direto é um programa do Novo Semanário e do Jornal Económico onde todas as semanas são entrevistados os protagonistas da política, da economia, da cultura e do desporto. Veja a entrevista a Ricardo Leão, presidente da Câmara Municipal de Loures eleito pelo PS.

Costa contraria ideia de empobrecimento e afirma que Portugal está a crescer mais do que Alemanha, França e Espanha

Dados de Costa surgem dias depois das previsões de Outono da Comissão Europeia, cujas mais recentes previsões indicam que em 2024 a Roménia ultrapassará Portugal no ranking de desenvolvimento económico da UE.

Presidente do PS pede ao Governo apurado sentido de orientação e maior rigor nas condutas

Este aviso foi transmitido por Carlos César através de uma mensagem vídeo na sessão do PS evocativa dos sete anos de governos socialistas liderados por António Costa, que decorre na estação fluvial do Terreiro do Paço.
Comentários