Vai entrar em 2018 em Lisboa? Saiba tudo aquilo que não pode levar para a festa

Guarda-chuvas com haste comprida, mochilas grandes e objetos de vidro estão proibidos na festa de Ano Novo na praça do Comércio, em Lisboa, e nem as tradicionais garrafas de champanhe serão exceção, revelou hoje a PSP.

Em conferência de imprensa realizada hoje, o Intendente da PSP Paulo Flor destacou que, por razões de segurança, quem quiser passar o ano na festa de Lisboa terá de escolher entre a tradição de abrir uma garrafa de champanhe à meia-noite e a segurança, que segue padrões também praticados noutras capitais europeias.

Para garantir esta segurança, a PSP vai estabelecer perímetros à volta da festa.

No primeiro deles, no exterior da área identificada, passam apenas transportes públicos e fica “nos limites da Rua Dom Carlos I com a 24 de Julho, do Rossio com a Rua do Ouro, do Martim Moniz com a Rua da Palma e da Avenida Infante Dom Henrique com a Avenida Mouzinho de Albuquerque”.

No perímetro interior, junto ao recinto improvisado da festa, acessível a partir das 21:00, a PSP estabeleceu oito pontos de revistas aleatórias de cidadãos.

Segundo as regras de segurança neste recinto são ainda proibidas armas de fogo e armas brancas, explosivos, seringas, bancos ou cadeiras, buzinas de ar comprimido, apontadores laser, ‘selfie sticks’ e megafones.

As mochilas não devem ter um tamanho superior ao de uma folha A3, mas há a garantia, segundo Paulo Flor, de que todas “vão mesmo ser revistadas”.

A melhor forma de chegar ao local, de acordo com a PSP, é de transportes públicos.

Os constrangimentos ao trânsito na zona começam já hoje, com o corte total na Praça do Comércio entre as 21:00 e as 00:30, devido à realização de um concerto com Ana Moura, e cortes nas envolventes, como a Praça Duque da Terceira/Cais do Sodré, Avenida Infante D. Henrique e desta com a Rua Cais de Santarém e estação Sul e Sueste, Rua da Alfândega com a Praça do Comércio, Rua da Prata com a Rua do Comércio e Restauradores Sul. Na Rua do Ouro só passam transportes públicos.

Estes condicionamentos mantêm-se no sábado entre as 20:30 e as 01:30.

No domingo, às 18:00 será encerrada a nascente no viaduto da Avenida Infante D. Henrique e a poente no Cais do Sodré.

O corte total na Praça do Comércio e os cortes nas envolventes decorrem entre as 10:00 e as 05:00.

Todas as estruturas da Praça do Comércio serão encerradas pela PSP às 02:15 da manhã.

Recomendadas

Portugal reforça cuidados em embaixadas após cartas armadilhadas em Espanha

“Estamos a dar indicações às nossas embaixadas para terem atenção redobrada a encomendas ou correio que recebam”, disse, em declarações à agência Lusa, João Gomes Cravinho, a partir de Lodz (Polónia), garantindo que as missões portuguesas no exterior “estão atentas, em função do que aconteceu em Espanha nos últimos dias”.

Alteradas quatro declarações modelo usadas na entrega do IRS

As mudanças hoje publicadas vigoram a partir de 1 de janeiro e são justificadas com as alterações ao Estatuto da Ordem dos Contabilistas Certificados, relativo ao justo impedimento de curta duração, mas quanto à declaração anual de rendas (modelo 44) é também introduzida a obrigação de entrega exclusivamente por transmissão eletrónica de dados, a partir de 2023.

Juro médio dos novos depósitos de particulares dispara em outubro para máximo de cinco anos

Segundo os dados divulgados hoje pelo Banco de Portugal (BdP), “em outubro o montante de novos depósitos a prazo de particulares foi de 4.726 milhões de euros, remunerados a uma taxa de juro média de 0,24%”.
Comentários