Valor dos serviços prestados às empresas cresceu 9,9% e atingiu 18,5 mil milhões em 2019

A informática foi a atividade mais representativa (30,5% do total da prestação de serviços), tendo crescido 18,3% (+15,8% que em 2018).

O Instituto Nacional de Estatística (INE) publicou esta sexta-feira, 11 de dezembro, os principais resultados das “Estatísticas dos Serviços Prestados às Empresas (SPE) 2019”, possibilitando aferir a evolução e estrutura das oito atividades que se integram nos SPE.

Assim, em 2019, o valor dos (SPE) cresceu 9,2% (+10,5% em 2018), tendo atingido 18,5 mil milhões de euros. O Valor Acrescentado Bruto (VAB) cresceu 9,9% (-1,1% que o crescimento registado em 2018), atingindo 10,8 mil milhões de euros, o que equivale a 10,3% do VAB total das empresas não financeiras.

As 125.596 empresas que prestaram estes serviços (+3,8% que em 2018), empregaram 445.150 pessoas (+5,7% que no ano anterior do que no ano anterior).

A informática foi a atividade mais representativa (30,5% do total da prestação de serviços), tendo crescido 18,3% (+15,8% que em 2018). A Contabilidade, auditoria e consultoria manteve-se como a segunda atividade mais representativa (27,3% do total da prestação de serviços), tendo crescido 7,6% (+8,9% em 2018).

A publicidade foi a atividade com maior rácio de prestação de serviços por trabalhador – 118,9 mil euros de serviços prestados (-1,1% do que no ano anterior), por oposição ao setor das atividades de emprego que registou o menor valor – 14,6 mil euros (+2,7% que em 2018).

O setor da arquitetura e engenharia, detendo 12,9% do valor global da prestação de serviços dos SPE (-0,3 p.p. que
em 2018) e registando um crescimento de 6,5%, foi o setor que mais desacelerou em 2019 (-7,2 p.p. face ao ano
anterior).

No conjunto dos SPE, as cinco maiores empresas representaram 26,9% do total da prestação de serviços. Por atividade, a concentração nas respetivas cinco maiores sociedades variou entre o máximo de 92,6% na gestão e exploração de equipamento informático e o mínimo de 8,5% nas atividades de arquitetura.

A prestação de serviços das sociedades ascendeu a 17,1 mil milhões de euros (+9,8% face a 2018), o que representou 92,3% do total dos serviços prestados (+0,5 p.p. face a 2018), e o VAB superou os 9,6 mil milhões de euros (+10,9% face ao ano anterior), o que correspondeu a 89,2% do VAB total dos SPE (+0,8 p.p. que em 2018).

Recomendadas

Lagarde avisa que taxas de juro vão continuar a subir

Dados da inflação na zona euro em novembro vão ser conhecidos esta semana. BCE reúne-se em meados de dezembro.

Cáritas já recebe pedidos de quem não consegue pagar empréstimo da casa

“O pânico foi imediato. O receio das pessoas, a angústia com que se aproximavam de nós a dizer ‘ai, se eu perco a minha casa’. É que nós tivemos uma crise em que houve muita gente a perder a casa; é recente ainda, está na memória das pessoas – 2008”, afirmou Rita Valadas.

Expectativas de exportação na Alemanha aumentam em novembro, diz Ifo

Depois de uma queda no mês anterior, a indústria automóvel volta a ter expectativa de crescimento nas exportações.
Comentários