Vanguard investe 30 milhões e compra 50% da Ecosteel. CEO integra administração

O grupo liderado por José Cardoso Botelho comprou 50% da empresa fundada e presidida por José Maria Ferreira e paralelamente financia a Ecosteel para permitir o seu desenvolvimento e expansão. O CEO da Vanguard vai integrar a administração da empresa da Póvoa do Varzim.

A Vanguard Properties anunciou em comunicado “um investimento 30 milhões de euros na indústria portuguesa de caixilharia minimalista” e diz que “cria unidade de produção de madeira para edifícios sustentáveis em altura”.

“O grupo Vanguard Properties realizou um investimento estratégico de 30 milhões de euros na Ecosteel, empresa sediada em Laúndos, Póvoa do Varzim (…) consolidando assim o seu papel na dinamização da construção industrial portuguesa e na promoção da construção sustentável”, refere o comunicado.

O grupo liderado por José Cardoso Botelho comprou 50% da empresa fundada e liderada por José Maria Ferreira e paralelamente financia a empresa para permitir o seu desenvolvimento e expansão. Os 30 milhões de euros incluem a aquisição do capital e as linhas de crédito internas.

Em declarações ao Jornal Económico, o CEO da Vanguard Properties explicou o racional desta aquisição dizendo que “integra a nossa estratégia de industrialização e da construção”.

A Ecosteel continuará a ser liderada por José Maria Ferreira, atual CEO, e a equipa executiva será mantida. No entanto, há novos administradores na calha, desde logo José Cardoso Botelho vai entrar para o Conselho de Administração da Ecosteel, e segundo o JE apurou em breve será nomeado um administrador escolhido pelos dois acionistas da empresa.

A Ecosteel continuará a fornecer materiais a terceiros e 70% serão para exportação, segundo as mesmas fontes.

Em comunicado é dito que “o investimento da Vanguard Properties, inclui a aquisição de 50% do capital da Ecosteel, o reforço do seu capital e maior apoio ao desenvolvimento comercial” e que “a Ecosteel entra num novo ciclo de expansão na sua indústria de base, nomeadamente nos sistemas de caixilharia minimalistas de construção inovadoras e instalações artísticas, passando também pela área do design e tecnologia”.

“Este investimento permitirá a criação de uma nova unidade industrial de produção de madeira laminada cruzada (CLT) destinada à construção de edifícios em altura”, lê-se na nota.

“Neste contexto de expansão da empresa, está previsto o reforço superior a 60% do número de colaboradores da Ecosteel para cerca de 400 até 2024, entre os quais arquitetos, engenheiros, designers, serralheiros e instaladores”, acrescenta a Vanguard em comunicado.

 

Recomendadas

Chinesa Alibaba promete rival do ChatGPT e ações disparam

A promessa do ChatGPT motivou as gigantes tecnológicas a fazerem avultados investimentos nas tecnologias de Inteligência Artificial. A Google deu um tiro no pé com o Bard e viu as ações tombarem quase 10%. Agora, a Alibaba anuncia um produto rival.

Foram criadas em Portugal 4.840 novas empresas em janeiro

As novas empresas criadas em janeiro em Portugal aumentaram 2% em termos homólogos, para 4.840 unidades. É no sector dos transportes que se registou o maior crescimento percentual (114%), mais do que duplicando o registo de janeiro de 2022, num total de 577 novas empresas.

Meta testa mundos virtuais fechados 

The Big Ones destaca semanalmente as inovações e movimentos estratégicos das empresas que lideram a nova economia.
Comentários