Vanguard Properties e CUF projetam clínica de proximidade na Comporta

A Vanguard Properties e a CUF anunciaram esta quarta-feira a celebração de um memorando de entendimento com vista à abertura de uma clínica de proximidade na Comporta. Segundo o comunicado enviado às redações, o projeto estará incluído no “Terras da Comporta”.

A nova unidade de saúde, notam as duas entidades, será construída no loteamento “Dunas”, no concelho de Grândola, ficando “estrategicamente situada num espaço do empreendimento destinado a cultura, serviços, desporto, retalho e alimentação”. O objetivo será garantir uma acessibilidade alargada a todos os que necessitem de procurar cuidados de saúde, sublinham as duas empresas.

A clínica será vocacionada para responder às necessidades de saúde da população local, bem como dos clientes do empreendimento e a ambição, nota a Vanguard e a CUF é “assegurar serviços de saúde de elevada qualidade”.

Na oferta, estarão incluídos serviços como consultas médicas, serviços de telemedicina, enfermagem e análises clínicas.

A abertura está prevista entre o final do próximo ano e o primeiro semestre de 2024. A articulação com a rede nacional de cuidados da CUF será fulcral e pensada para “se adequar ao perfil da população residente na região (…) garantindo um atendimento em português e inglês”.

Uma das facetas mais marcantes é que a clínica será construído num edifício ‘net zero energy building’, “inteiramente construído em madeira, garantindo, também o máximo conforto para os clientes e profissionais de saúde”.

O CEO da Vanguard Properties, José Cardoso Botelho, diz que “o projeto ‘Terras da Comporta’ alicerça-se na sustentabilidade e, dentro desta, na melhoria da qualidade de vida”. “Com esta clínica, apoiamos as comunidades locais, garantindo que todos – residentes locais e dos empreendimentos, assim como turistas – tenham acesso a cuidades de saúde permanentes e de qualidade”, salienta.

Já o presidente da Comissão Executiva da CUF, Rui Diniz, o projeto “representa mais um passo na consolidação da rede CUF a nível nacional e o reforço da sua proximidade com as populações. É, por isso, com muita satisfação que respondemos afirmativamente ao desafio lançado pela Vanguard”.

Recomendadas

Mark Bourke prevê subir o rácio de capital do Novobanco em cerca de 1% só com os lucros deste ano

“O nosso plano é o Novobanco ser independente e competitivo”, disse o CEO. Sobre se a Lone Star estava a negociar já com potenciais compradores numa venda futura do Novobanco, Mark Bourke respondeu “absolutamente que não”.

EDP emite 500 milhões de dólares de ‘green bonds’ a 5 anos

Esta emissão destina-se ao financiamento (ou refinanciamento) do portfólio de projetos renováveis elegíveis da EDP, anuncia a empresa.

Metro de Lisboa tem um novo Provedor do Cliente e é o ex-ministro Vieira da Silva (com áudio)

Vieira da Silva foi eleito Provedor do Cliente do Metro de Lisboa, mas é “um contrato de prestação de serviço não remunerado”. O mandato é de um ano, renovável sucessivamente por iguais períodos.
Comentários