PremiumVariedades portuguesas de azeite estão em risco de desaparecer

A campanha de apanha da azeitona de 2022 está quase a chegar ao fim. É certo que, apesar de a qualidade do azeite se ter mantido em níveis de excelência, registaram-se quebras significativas no volume de produção face à safra do ano precedente. Mas não é essa a maior dor de cabeça a apoquentar os produtores do sector que querem manter a sustentabilidade e a biodiversidade para preservar o futuro.

O alerta tem sido lançado por diversas vezes e proveniente de várias fontes nos últimos anos, mas, desta vez, Ana Carrilho, oleóloga da Herdade do Esporão, coloca o dedo na ferida, assinando um diagnóstico de estado crítico e reservado para o olival com variedades nacionais. E avisa que as variedades portuguesas de azeitona – e de azeite – estão a regredir de forma galopante e correm o sério risco de desaparecer do território nacional. Contra esta situação, muito pouco está a ser feito, mas a contribuição do consumidor, optando por azeite nacional de qualidade superior, de preferência de variedades nacionais, poderá ser relevante.

O Jornal Económico propõe neste trabalho uma série de alternativas em que o ouro líquido proveniente de variedades lusitanas é rei, desde menus gastronómicos desenhados em torno do azeite a hotéis dedicados exclusivamente a este produto agrícola natural, passando por experiências nos olivais e nos lagares de azeite, um pouco por todo o País.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

“Uma Barreira Contra o Pacífico” é uma reflexão sobre memória, cidadania e sustentabilidade

As fotografias a preto e branco de Alice F. Martins são o registo visual de uma cidade que sobreviveu, quase intacta, ao grande sismo de 2011. Caso de estudo para responder à pergunta “como é que o Japão se prepara para o risco quase permanente de destruição?”

O amor não escolhe horas, mas convém saber a quantas anda

A nova coleção da Swatch inclui o modelo Especial Dia dos Namorados ‘Recipe for Love’, e dois modelos adicionais: ‘Purest Love’ e ‘Love To Go Around’. No verso da caixa do primeiro, pode ler-se uma receita: “Encha o coração de amor, magia, interesse e confiança. Misture com alegria e junte magnetismo e um toque suave. Por fim, decore com beijos. Demore o tempo que for necessário – uma única noite ou uma vida inteira”.

Casino Estoril celebra noite de São Valentim com jantar romântico no restaurante “Bistrô”

Enquadrado numa área privilegiada do Casino Estoril, o restaurante “Bistrô” situa-se próximo da entrada principal do Salão Preto e Prata, distinguindo-se pelo seu ambiente acolhedor e informal.
Comentários