Veja os efeitos das mexidas no IRS no imposto a pagar e rendimento líquido

De acordo com as simulações da consultora EY, as mexidas no IRS com atualizações dos escalões em 5,1% e a redução da taxa do segundo escalão de 23% para 21% que, em consequência, diminui a taxa média nos restantes escalões, numa medida que abrange milhões de agregados, levarão a que quem não tiver aumento de rendimentos no próximo ano vai pagar menos IRS e que todos os contribuintes tenham um aumento do rendimento liquido em 2023.

Recomendadas

Lagarde e o ‘whatever it takes’ para controlar a inflação. Ouça o podcast “Mercados em Ação”

No “Mercados em Ação”, podcast do JE, vai poder contar com a análise de especialistas em temas como ações e obrigações; investimento e poupança; BCE e FED; resultados e empresas; análises e gráficos.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quarta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quarta-feira.

Governo e sector social num impasse para acordo face a exigência de aumentos salariais

O princípio de acordo para o setor social está num impasse porque o reforço de verbas do Governo às instituições pressupõe aumentos salariais de 5,1%, o que levou as instituições a pedir a renegociação e apresentar uma proposta conjunta.
Comentários