“Vergonha, vergonha, vergonha”. Secretária da Segurança Interna dos EUA apupada em restaurante

Secretária da Segurança Interna dos Estados Unidos, responsável pela separação de crianças das suas famílias, na fronteira com o México, foi apanhada por manifestantes num restaurante mexicano.

A secretária da Segurança Interna dos Estados Unidos, Kirstjen Nielsen, responsável pela política de “tolerância zero para a imigração”, que inclui a separação de crianças das suas famílias, na fronteira com o México, foi apupada por manifestantes que a descobriram a jantar num restaurante mexicano, em Washington.

Kirstjen Nielsen foi obrigada a sair do restaurante, ouvindo slogans como “as crianças não comem em paz, tu não comes em paz” e gritos de “vergonha, vergonha, vergonha”.

 

 

Recomendadas

Erdogan sugere que pode aprovar candidatura da Finlândia à NATO

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, sugeriu este domingo que a Turquia pode aprovar a candidatura da Finlândia à NATO sem fazer o mesmo em relação à Suécia.

Israel prepara-se para demolir casa de atacante palestiniano

As forças israelitas selaram este domingo a casa da família de um palestiniano que matou sete pessoas, preparando a sua demolição, após o governo ter anunciado medidas para punir familiares dos autores de atentados.

Ucrânia: Secretário-geral da NATO defende mundo “interligado” pela segurança

O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, disse que o apoio da Coreia do Norte à Rússia na guerra da Ucrânia reforça a necessidade de o resto do mundo permanecer “interligado” para garantir a segurança.
Comentários