Viajar pelos Caminhos de Saramago é redescobrir o país na companhia do autor

Escreveu Saramago na sua Viagem a Portugal: “A viagem não acaba nunca. Só os viajantes acabam. E mesmos estes podem prolongar-se em memória, em lembrança, em narrativa.” Inspire-se e espreite a plataforma recém-criada para dar a conhecer a “geografia Saramaguiana” através de roteiros literários.

“Estou consciente da enorme dificuldade que será conduzir uma narração sem a habitual, e até certo ponto inevitável, muleta dos nomes, mas justamente o que não quero é ter de levar pela mão essas sombras a que chamamos personagens, inventar-lhes vidas e preparar-lhes destinos”.

Furtamos este desabafo de José Saramago em “Cadernos de Lanzarote, Diário – I” para sugerir que vista a pele de um personagem e se lance nos Caminhos de Saramago. E por personagem, entenda-se, é levar-se a si a próprio a percorrer os itinerários de turismo literário inspirados na obra de Saramago “Viagem a Portugal”. O ponto de partida pode ser uma ou mais visitas à plataforma digital  Viagem a Portugal Revisited para escolher o percurso pretendido. Ou vários, claro.

A plataforma acabou de ser lançada, dia 12 de setembro, pelo Turismo de Portugal e pela Fundação Saramago – no âmbito das comemorações do centenário de José Saramago – e tem como principal ambição promover “Portugal como destino de Turismo Literário”. E para recriar os itinerários que formam o périplo saramaguiano por Portugal, foram convidados autores contemporâneos nacionais e internacionais. Mas não sem antes se ter desafiado o escritor José Luís Peixoto para, depois de revisitar seis locais, vestir a pele de anfitrião de cinco autores internacionais que reinterpretam os roteiros originais. A saber, Ondjaki (Angola), Adriana Lisboa (Brasil), Laura Restrepo (Espanha), Leila Slimani (França) e Maaza Mengiste (EUA).

Resultado? A plataforma disponibiliza os textos originais dos autores sobre cada local revisitado, assim como fotografias, vídeos e roteiros atuais alusivos aos 12 locais de revisitação identificados: Guimarães/Citânia de Briteiros, Bragança, Vila Real, Guarda/Pinhel/Cidadelhe, Coimbra, Tomar/Constância, Mafra, Setúbal, Évora/Montemor-o-Novo, Beja, Alcoutim e Lagos.

Comunicar o património literário da língua portuguesa através de experiências inovadoras, como esta Viagem a Portugal Revisited, que está disponível em português, espanhol e inglês, é proporcionar aos visitantes uma forma diferente de explorar diversas regiões do país na companhia do Nobel da Literatura José Saramago.

Recomendadas

PremiumMemórias pessoais e transmissíveis

Mas os diários da minha tia Gália eram de um tipo muito específico: à medida que os lia, a sua textura peculiar — que se assemelhava sobretudo a uma rede de pesca de malha grande — tornava‑se cada vez mais enigmática e interessante.

PremiumGeorge Clooney e o Speedmaster ’57

Coincidindo com o 65º aniversário da linha Speedmaster, a coleção completa Omega Speedmaster ’57 inclui agora oito novos modelos.

Cancelados dois concertos de Roger Waters na Polónia devido a posicionamento pró-russo

O co-fundados dos Pink Floyd iria atuar em Cracóvia em abril do próximo ano, na sala de espetáculos “Tauron Arena”, mas, segundo adiantam alguns meios de comunicação da Polónia, as autoridades polacas pretendem declarar Roger Waters como ‘persona non grata’.
Comentários