Vice-presidente do BCE, Luis de Guindos, isola-se após teste positivo

O vice-presidente do Banco Central Europeu (BCE), Luis de Guindos, está em isolamento, depois de um teste positivo para a presença de coronavírus, mas não põe em causa realização da reunião de política monetária desta semana, anunciou este domingo a instituição.

ANTONIO PEDRO SANTOS/LUSA

De acordo com um comunicado do BCE, Luis de Guindos “isolou-se imediatamente após obter o resultado [do teste à presença de SARS-CoV-2] e está a informar todos com quem teve contacto próximo recentemente”.

Segundo a entidade, De Guindos, que tomou duas doses da vacina contra a covid-19, “não manteve contacto próximo com a presidente [do BCE, Christine] Lagarde na semana passada” e os seus sintomas são “muito leves”.

“Ele vai trabalhar em casa até novas informações e não haverá impacto na reunião de política monetária desta semana”, lê-se na nota.

Recomendadas

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quinta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quinta-feira.

Sindicato dos Jornalistas critica ministro do Ambiente (com áudio)

Em causa está a recusa em prestar comentários aos jornalistas durante a 5.ª edição do Portugal Mobi Summit.

Revista de imprensa nacional: as notícias que estão a marcar esta quinta-feira

“Há mais hospitais a falhar tempos de espera para consultas de saúde mental”; “Máfia dos passaportes na mira da Polícia”; “Nigéria falha quatro entregas de gás natural a Portugal”
Comentários